[RESENHA] Dias Perfeitos – Raphael Montes

raphael-montesAutor: Raphael Montes
Editora: Companhia das Letras
Ano: 2014
Páginas: 274
Sinopse: Téo é um solitário estudante de medicina que divide seu tempo entre cuidar da mãe paraplégica e examinar cadáveres nas aulas de anatomia. Durante uma festa, ele conhece Clarice, uma jovem de espírito livre que sonha tornar-se roteirista de cinema. Ela está escrevendo um road movie sobre três amigas que viajam em busca de novas experiências. Obcecado por Clarice, Téo quer dissecar a rebeldia daquela menina. Começa, então, uma aproximação doentia que o leva a tomar uma atitude extrema. Passando por cenários oníricos, que incluem um chalé em Teresópolis e uma praia deserta em Ilha Grande, o casal estabelece uma rotina insólita, repleta de tortura psicológica e sordidez.

E ai amorecos?!

Eu ando meio sumido, sei disso… Mas espero que vocês entendam, final de semestre é um inferno na vida do ser humano.

Vamos conversar sobre esse fucking livro, que me deixou se respirar direito depois de terminar de ler?

“Dias Perfeitos” conta a historia do Téo, um estudante de medicina que tem como melhor amigo um cadáver chamado Gertrudes. Téo é anti social, ele evita sair de casa, passa horas estudando e tem diversos pensamentos bem do tipo do Norman Bates. Um dia ele vai com sua mãe a um churrasco, e quando está indo embora ela conhece Clarice, uma jovem de um beleza atípica e fora dos padrões, mas que consegue mexer com o coração do nosso amigo Téo. A partir daí ele começa a seguir Clarice, pesquisar sobre a vida dela de uma forma psicótica, e após ser rejeitado por ela, ele a sequestra tendo início uma trama de amor doentio e reviravoltas que vão lhe arrancar o ar a cada página.

Eu amo psicopatas. Isso não é segredo para ninguém. Objetivo de vida: Ser Hannibal Lecter.

Essa foi a primeira vez que li algo do Raphael Montes, e já sou fã de carteirinha chefe de fã clube desse louco. A forma como ele constrói o Téo como psicopata, não só encanta os amantes do gênero como consegue mexer com a nossa mente a ponto de nos faltar o ar. Ele segue a melhor linha do Deus Stephen King, e demonstra um imenso domínio do tema, de forma que por varias vezes eu foi conferir se ele era realmente formado em jornalismo ou em medicina. Eu particularmente sou apaixonado pelo Téo, e ele com certeza entrou para o Hall de psicopatas favoritos da VIDA!

A Edição da Companhia das Letras merece ser aplaudida, eles trabalharam de forma magnifica com esse livro.

Agora eu estou respirando fundo, contando até 10, para poder ler Suicidas, que foi o romance de estreia desse mini divo, e resenhar O Vilarejo, outro livro que mexeu com meu psicológico.

Bom amorecos, por hoje é só isso. Mas lembrem-se que tem promoção rolando aqui no blog, valendo livro autografado, marcadores autografados e muito mais!

Um Cheiro, e até a próxima!

Anúncios

Um comentário em “[RESENHA] Dias Perfeitos – Raphael Montes

  1. Simplesmente perfeito. Só tenho uma retificação: EU sou o maior fã dele. *-*
    E, por favor, leia Suicidas para ontem. É de longe o melhor livro do autor!

    Ah, não conhecia sua fase anterior, mas estou adorando a nova.
    Abraços!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s