[RESENHA] A arte de ser normal – Lisa Williamson

71IXOsf3KeL._SL1500_Livro: A arte de ser normal
Autora: Lisa Williamson
Editora: Rocco
Páginas: 382
Ano: 2015
Sinopse: David Piper tem 14 anos e um desejo: 
“Quero ser uma menina”. Mas este é um segredo que 
ele compartilha apenas com Essie e Felix, seus 
únicos amigos, pelo menos até a chegada de 
Leo Danton à escola Parque Éden. Apesar de muito 
diferentes e cada um guardando um segredo próprio, 
David e Leo iniciam uma profunda amizade.

HELLO PESSOINHAS!!!

Cara, hoje eu to afim de encurtar o papo. Vamos direto ao assunto:

David tem um segredo, que também é o seu maior desejo. David sempre quis ser uma menina. Ele se sente infeliz em seu corpo de menino, e ele pede todos os dias para acordar como uma menina. Leo tem um segredo. Tudo ao redor dele é um grande mistério. Porque ele se transferiu de escola? Porque ele se afasta tanto das pessoas? Após uma inesperada situação, uma amizade improvável nasce, e a vida dos dois vai mudar para sempre.

Sabe aqueles livros, abalam suas estruturas, a ponto de lhe fazer mudar a sua forma de ver o próximo? É bem desse tipo de livro.

“A arte de ser normal” é o livro de estreia da Lisa Williamson. Ele traz a tona uma  realidade que muitos desconhecem ou repudiam (mesmo dentro da comunidade LGBT) que é a dos transgêneros. As crianças trans, são muito mais frequentes nas escolas do que se pode imaginar. Para quem não sabe, pesquisas apontam que em cada colégio existe pelo menos dois alunos transgêneros. Mas vamos voltar ao livro.

A forma como a autora constrói os personagens, nos permite sentir o drama não só da aceitação própria como a da aceitação familiar e social dos trans. Com uma escrita leve, porem carregada de emoção que vai prender o leitor e lhe arrancar lagrimas sem a menor duvida. O David é um personagem extremamente sensível. todos os capítulos narrados por ele são mais melosos mas não deixam de ser um soco no estomago, principalmente nas cenas onde ele faz a “inspeção”. Os capítulos do Leo são igualmente impressionantes, mas na maior parte do livro, eu tive a sensação de que ele fosse desnecessário, como se estivesse ali apenas para preencher as páginas, mas depois que seu segredo é revelado (cena que me fez dar um grito no meio do ônibus), todos os seus dramas familiares passam a fazer sentido e serem justificáveis. O final do livro, apesar de previsível, é extremamente emociante e uma lição de moral daquelas (QUE VONTADE DE DAR SPOILERS!).

A Rocco está de parabéns não só pela edição que esta uma coisa linda, mas pela iniciativa de publicar esse livro. Ele levanta a bandeira de um grupo que merece todo nosso respeito e apoio, afinal, somos todos humanos e merecedores de amor.

É isso meus amores. Leiam esse livro, sério, LEIAM. E o mais importante: respeitem o próximos, suas diferenças e suas escolhas.

Um cheiro e até a próxima

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s