[RESENHA] A Playlist de Hayden – Novo Conceito

Capa (1)Livro: A Playlist de Hayden
Autor(a): Michelle Falkoff
Páginas: 288
Ano: 2015
Editora: Novo Conceito
Sinopse: Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola, o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente. Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava. A PLAYLIST DE HAYDEN é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.

Todo mundo sabe que eu amo livros com musica. E esse é o meu favorito!

Em “A Playlist de Hayden”, somos apresentados ao Sam, um garoto de 16 anos, viciado em músicas, quadrinhos, filmes, um pouco antissocial. Sam tem apenas um melhor amigo durante toda sua vida: Hayden. Hayden é um daqueles garotos baixinhos, gordinhos, com dislexia, viciado em Star Wars, jogos de computador e música indie. Juntos eles são a dupla perfeita, fazem absolutamente tudo juntos, estudam juntos, sofrem bullying juntos, dividem os quadrinhos, livros, jogos… Enfim. Tudo.

A vida ia muito bem, até que Hayden resolve de uma hora para outra, irem a uma festa da galera descolada da escola; ele e Sam são humilhados, discutem e cada um segue seu rumo. Até ai tudo bem. Normal amigos brigarem, brigo sempre com os meus, 5 vezes na semana no mínimo. No dia seguinte, como em todas as outras brigas, Sam vai até a casa de Hayden, para eles fazerem as pazes e irem juntos enfrentar mais um dia insuportável no colégio. [O QUE VEM A SEGUIR NÃO É UM SPOILER. ESTA NA SINOPSE DO LIVRO, POR TANTO NÃO ME ODEIEM. NÃO SOU EU QUEM CRIA AS REGRAS. ] Quando Sam entra no quarto de Hayden, ele percebe que tem algo errado. Hayden havia se matado, e deixado o mais estranho de todos os bilhetes suicidas que eu já vi: Um pen drive com um post it dizendo “Para Sam. Ouça.  Você vai entender. ”

A partir daí a história começa a se desenvolver, coisas estranhas começam a acontecer na vida das pessoas que faziam bullying ao Hayden e ao Sam, uma linda e misteriosa garota entra na vida do Sam de uma hora para outra, e quanto mais ele tenta compreender o significado da playlist deixada para ele pelo seu melhor amigo, segredos vem surgindo de onde ele menos esperava que pudessem sair.

 Eu tenho uma infeliz mania de olhar os nomes dos capítulos antes de ler o livro, e quando eu vi várias das minhas músicas e bandas favoritas nessa playlist, larguei tudo que eu estava fazendo para ler esse livro. Não sem antes montar uma playlist no celular com todas as músicas na ordem dos capítulos, é claro.

O livro conseguiu me conquistar logo no prólogo, e ansiedade para ver onde aquelas músicas se encaixavam na história do Sam, ajudou bastante a ler esse livro em 24h. A construção e desenvolvimento dos fatos, combinados a escrita leve da Michelle prendem o leitor do começo ao fim do livro, e ainda te deixam com aquele sabor de quero mais ao fim do livro. A Editora Novo Conceito está de parabéns quanto a edição desse livro, eu tenho um xodó muito especial por essa capa, as letras estão no tamanho ideal, e eles terem disponibilizado o link com a playlist completa é um carinho a mais, dessa editora que é na maioria das vezes muito cuidadosa com esses mimos e caprichos dos seus livros.

Então meus amores, esse é um daqueles livros para se ler com o melhor amigo (a), ou até mesmo dar de presente. E se você está procurando uma história, que faça você rever alguns conceitos de amizade, acharam o que queriam.

Separei para você as minhas duas musicas favoritas do livro, quem sabe assim não vocês não ficam com mais vontade de ler 🙂

(AMO The neighbourhood! Até tatuei a logo do álbum deles)

(Não da para ficar parado com The vampire weekend)

É isso meus negos. Espero que vocês amem esse livro tanto quanto eu. Comenta aqui depois, oque vocês acharam.

Um cheiro, e até a próxima!

Anúncios

2 comentários em “[RESENHA] A Playlist de Hayden – Novo Conceito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s