[RESENHA] Que Horas Ela Volta? (2015)

557050.jpgFilme: Que Horas Ela Volta? 
Elenco: Regina Casé, Camila Márdila, Karine Teles, Michel Joelsas
Direção: Anna Muylaert
Gênero: Drama, Nacional
Ano: 2015
Sinopse: Val se mudou para São Paulo a fim de dar melhores condições de vida para sua filha Jéssica. Treze anos depois, Jéssica lhe telefona, pedindo ajuda para ir à São Paulo, no intuito de prestar vestibular. Os chefes de Val recebem a menina de braços abertos, só que quando ela deixa de seguir certo protocolo, circulando livremente, como não deveria, a situação se complica.

Oi gente! 

Então, o ano está acabando, e todo fã de cinema sabe o que isso significa. Sim, o Oscar ta chegando!

E como vocês podem ter visto pelas redes sociais, o filme favorito para representar o Brasil na premiação é o ‘Que Horas Ela Volta?’.

O filme conta a história de Val, uma pernambucana simples, ingênua e muito carinhosa que deixa seu lar para trabalhar em São Paulo. Val trabalha para a família de Bárbara, Zé Carlos e seu filho, Fabinho. Como ela esteve lá desde que Fabinho era criança, ele a vê como uma figura materna, muito melhor que sua mãe. Eles sempre falam que a consideram um membro mais da família, mas será que é verdade?

Depois de treze anos, a filha de Val, Jéssica telefona avisando que vai ficar uns dias com ela em São Paulo para prestar vestibular. É então que a hierarquia social começa a ser questionada. Jéssica é uma personagem que não esconde sua curiosidade, seus pensamentos e suas críticas. De cara percebe com tratam sua mãe, e como esperam que ela se comporte. São pequenas regras que não estão estabelecidas em nenhum lugar, mas que Val entende e a família espera que se cumpram. Ela não pode comer na mesma mesa que os demais. Não pode entrar na piscina. Não pode comer o mesmo sorvete. Não dorme na casa, mas em um quartinho nos fundos. Jéssica começa a expor essas coisas para sua mãe, tentando abrir seus olhos a como é tratada. Não adianta dizer que Val faz parte da família e fazer ela dormir nos fundos.

Que Horas Ela Volta? fala sobre assuntos como preconceito e hipocrisia. Também sobre as relações mãe-filho/a, como Val nunca esteve presente na vida de sua filha porque precisava trabalhar, mas é considerada uma mãe por Fabinho, enquanto sua mãe o reprime continuamente.

O filme é muito bom, bastante leve de assistir, apesar de algumas cenas desconfortáveis. Têm umas cenas fofas e outras engraçadas. Normalmente não tem trilha de fundo, apenas sons de carros, chuva, vento. Ele é um pouco lento sim, porém eu que já curto filmes lentos nem percebi. O tempo voou.

Sobre a atuação acho que não preciso nem falar, Regina Casé de fato ‘vestiu’ sua personagem, que sem dúvida entrou pra minha lista de favoritos. Val é simples, carinhosa, engraçada. Você se apega rapidamente dela e morre de medo de ela ser humilhada ou mal tratada. Outro grande destaque é a Camila Márdila (Jéssica), que passa muito bem a frustração de sua personagem com o que vê, a raiva que sente ao ser tratada como ‘filha da empregada’, mas que ao mesmo tempo é inteligente e curiosa. Também ressalto a atuação da Karine Teles (Bárbara), que não deixa sua personagem ser uma completa vilã, algo forçado.

Como eu disse, gostei muito do filme e recomendo demais, especialmente aqueles que gostam de uma crítica social, ou filmes lentos. Assistam e deixem sua opinião!

Até mais, e obrigado pelos peixes!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s