[Resenha] Room (2015)

Filme: Room (O Quarto De Jack)

Elenco: Brie Larson, Jacob tremblay
Direção: Lenny Abrahamson
Gênero: Drama
Ano: 2015
Sinopse: O longa conta a história de Jack, um menino de cinco anos que é criado por sua mãe, Ma.Contudo, a vida dos dois não é nada normal: eles estão presos em um espaço de 10m². Enquanto a curiosidade de Jack sobre a situação em que vivem aumenta, a resiliência de Ma alcança um ponto de ruptura.

Olá pessoal! Primeiro post do ano!

Começo do ano só significa uma coisa: Época de premiações! E claro que eu não ia deixar de trazer resenhas sobre os indicados para vocês. 2015 nos trouxe vários filmes que valem a pena, assim como Room, que venho falar hoje.

Room nos conta a história de Joy e seu filho Jack, que são mantidos  presos nos fundos de uma casa por um homem que sequestrou Joy com 17 anos. O filme começa com o aniversário de Jack, que faz 5 anos. Jack é curioso e gosta de conhecer e saber tudo a sua volta. Sua mãe sempre lhe disse que tudo o que existe é o que eles tem no quarto, e o que eles vêem pela pequena janela no teto é o espaço.

Mas Joy não aguenta mais viver naquela situação, depois de 7 anos presa. Ela percebe que Jack está grande o suficiente para saber a verdade. Depois de a vida inteira ter falado que o que aparece na televisão não existe, Joy tenta explicar que há um mundo lá fora, e que existe muito além daquele quarto. Assim, ela tenta usar o filho para encontrar uma maneira de sair do quarto e ser livre.

O filme se sustenta sobre atuações impecáveis: de Brie Larson, que passa a exaustão de Joy por viver naquela situação, mas que faz de tudo para alegrar o filho. É uma atuação muito natural e minimalista, ao longo do filme podemos perceber como aquilo afetou Joy e como ela se culpa por Jack ter passado aquele trauma. E do pequeno Jacob Tremblay, que parece que nasce de novo quando Jack é apresentado ao mundo fora do quarto.

A história é baseada no livro homônimo de Emma Donoghue, e fala principalmente sobre o trauma que isso causa tanto à garota como seu filho.

Pessoalmente, Room já se tornou um dos meus filmes favoritos, por trazer uma história tão tocante e atuações ótimas. Mesmo assim, senti falta de algumas coisas durante o filme, como o julgamento do homem, ou um esclarecimento do pai da Joy.

O que vocês acharam sobre o filme? Deixem nos comentários!

Anúncios

2 comentários em “[Resenha] Room (2015)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s