[Resenha] Anomalisa (2015)

Oi pessoas!

A lista do Oscar saiu e nessa shortlist de indicados na categoria de animação se inclui Divertida Mente, Anomalisa, As Memórias de Marnie, Shaun O Carneiro e O Menino e o Mundo, a maior surpresa por ser uma animação brasileira e que teve pouca divulgação aqui, e quase nenhuma fora do país. Mas foi incrível ver essa indicação pois assisti o filme faz muito tempo e adorei. Mas hoje quero falar da lindeza que é Anomalisa.

maxresdefault

Anomalisa é uma animação que usa a técnica de stop-motion, dos diretores Charlie Kaufman e Duke Johson. Kaufman já nos trouxe filmes como Quero ser John Malkovich e Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças, ambos magníficos e Anomalisa não seria diferente.

O filme conta a história de Michael Stone, um escritor que viaja a Connecticut para fazer uma palestra. Michael é uma pessoa fechada. Cansado de sua vida, ele vê o mundo alienado, onde todos são iguais. Ele tenta marcar um encontro com um velho caso, mas sua atitude não ajuda, sempre culpando a outra pessoa de sua infelicidade. Nesse contexto, Michael por acaso, do seu quarto ouve uma voz diferente. Uma pessoa que se destaca da multidão. Ele sai correndo em busca da dona daquela voz e é assim que conhece Lisa. Lisa está na cidade pelo mesmo motivo que Michael, como leitora e fã do seu livro, ela e sua amiga foram para assistir à sua palestra. Lisa é uma das melhores personagens que já vi, e vai ser difícil de esquecer. Muito meiga e simpática, ela cativa qualquer um, inclusive Michael, que não acredita ter encontrado alguém como ele.

Uma coisa interessante é que o filme foi financiado com doações. Charlie Kaufman realizou um video e colocou numa plataforma de incentivo pedindo o apoio do fãs para que a história ganhasse vida. Assim, o projeto saiu do papel com a quantia de $406,237 adquirida no Kickstarter.

O Filme também conta com apenas três dubladores. David Thewis dá a vida a Michael, Jennifer Jason Leigh a Lisa e Tom Noonan empresta sua voz a todos os demais personagens, inclusive femininos, o que da uma sensação de isolamento para Michael.

Anomalisa é um filme lindo, delicado, e simples, mas com uma mensagem pesada. Fala sobre alienação e isolamento, como sempre estamos buscando alguém ‘especial’ que se destaque dos demais. Mas o que torna alguém especial? E uma vez que encontramos, como manter-se assim? É sempre questão de tempo que perdemos interesse por uma pessoa e partimos à procura outra diferente.

Deixo aqui essa ótima dica de filme, espero que vocês assistam e gostem! Até mais!

Anúncios

Um comentário em “[Resenha] Anomalisa (2015)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s