[Resenha] Série Alterados – Amnésia


capaLivro: Série Alterados - Amnésia
Autora: Jennifer Rush
Ano: 2014
Editora: Gutenberg
Páginas: 240 
Sinopse: A vida de Anna está cercada de segredos. Seu pai trabalha para a Agência e lidera um projeto confidencial: monitorar e coordenar o tratamento de quatro rapazes alterados geneticamente, que vivem no laboratório localizado no porão de sua casa. Nick é formal e taciturno, Cas é alegre e brincalhão, Trev é inteligente e carinhoso, e Sam é o dono do coração de Anna. Por algum motivo, eles perderam a memória e não se lembram de fatos fundamentais que viveram.
Quando a Agência decide que é hora de levá-los, Sam organiza uma fuga, e o pai de Anna a instiga ir com eles. Diante desse estranho acontecimento, e do pedido dele ao jovem para que mantenha a filha longe da organização a qualquer custo, ela começa a questionar tudo o que achava saber sobre si e logo descobre que ela e Sam estão conectados de uma maneira que jamais poderiam imaginar. E, se ambos quiserem sobreviver, deverão juntar as peças que reconstituem seu passado antes que a Agência roube deles o que ainda resta de sua vida.

“Eles foram programados para esquecer, mas não para perdoar” 

Leu a frase? Sentiu? Pois é, sentir aquele corte na respiração com o impacto dessas palavras é normal, acredite!

Foi lendo essa frase que me convenci de que tinha que devorar ler esse livro. Conhecendo melhor a essência do enredo, me lembrou um pouco da premissa de Delírio e Maze Runner, que envolve manipulação biológica, ou corte drástico em características das ditas unidades, os quatro garotos utilizadas como foco de pesquisas, sendo estas um mistérios de sua motivação e o que realmente é analisado nessas pesquisas.

Enquanto são mantidos no porão de uma casa na fazenda, o sábio Trev, o descontraído Cas, o enigmático Nick e o contido Sam, levam uma vida em confinamento, cientes de que são cobaias de algum programa misterioso, já que nem mesmo Ana, a filha do responsável por manter as rotinas de testes nos garotos sabe do que se trata. O que a leva a se envolver de forma ainda mais dramática com essa questão, mesmo que indiretamente ela representa um elo desses garotos com tudo aquilo que eles não sabem e até temem, afinal não saberem a que são submetidos é só parte do esquema, já  que os quatros nem fazem ideia de seus passados.

A narrativa da Jennifer surpreende por ser predominantemente simples, o que facilita o fluxo da leitura, inclusive torna mais fácil de destacar o desenvolvimento dos personagens, principalmente da Ana, que evolui conforme as situações se agravam, já que uma característica da obra é o toque bem aplicado de suspense, deixando os nervos à flor da pele na medida certa e enredando cada mistério, como um quadro muito maior que só ao aumentar a perspectiva, viabiliza a visão do todo.

No entanto, mesmo sendo bem trabalhada, a trama possui alguns “buracos”, que ficam evidentes, não os cito, pois seriam um spoiler daqueles, mas acredito que possivelmente se justifica ao lembrar que é somente o primeiro da série, então esse vazio que ficou pode ser passageiro,  o enredo em si é um experiência envolvente e decorrida de fatores misteriosos.


Sensação de férias acabando…

bye

Anúncios

Um comentário em “[Resenha] Série Alterados – Amnésia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s