[Resenha Premiada] O caderninho de desafios de Dash & Lily

dash-e-lilyLivro: O caderninho de desafios de Dash & Lily
Autores: David Levithan e Rachel Cohn
Ano: 2016
Editora: Galera Record
Páginas: 256
Sinopse: Lily sente que chegou a hora de se apaixonar. Para achar sua cara-metade, ela vai contar com a ajuda do irmão, que ajuda a garota a criar uma série de tarefas num caderno vermelho. Quem o encontrar, em meio às prateleiras da mais caótica livraria de Manhattan, deve aceitar ou não seu desafio.
Dash, um lobo solitário, encontra o moleskine em sua livraria predileta, e os dois ousam trocar sonhos, desafios e desejos nas páginas do caderninho que será achado e perdido sucessivamente nos mais diferentes locais da cidade.

Hoje uma resenha com cheirinho de encanto!

O caderninho de desafios de Dash e Lily, em bem mais que um romance juvenil, vai além dos olhares apaixonados e cabum! paixão descontrolada (apesar de me apetecer esse tipo também), não, a obra na verdade retrata as reações que pessoas distintas têm diante de uma mesma situação, a prioritária delas é: o Natal.

E é justamente na semana do Natal, que Dash encontra na Strand (a livraria das livrarias da obra) um moleskine vermelho e misterioso com desafios para ele se comprometer a resolver, incitando a curiosidade do garoto, afinal não é um tanto incomum encontrar um caderno nas prateleiras com os dizeres na capa “VOCÊ TEM CORAGEM?” claramente um desafio e um adolescente sem nada para fazer não tem como resistir, então começam os jogos (não são Vorazes, nem Mortais!).

Dashiell é um crítico, apreciador da própria companhia e bem… incomum para a sua idade, o que se reflete no período conturbado que foi sua infância ao ser disputado por seus pais durante o processo e divórcio, o que acabou por distanciá-lo de seu pai. Dash é um garoto pouco impressionável, com paixão pelas palavras, desde o uso, até as possibilidades de seus significados, se assemelhando a Lily que gosta de imaginar quando palavra nasceram, nutrindo certo apreço por elas.

— Quem disse que eu não sou Lily? — questionou.
— Bem — prossegui —, alguns de meus amigos conheceram Lily, e gosto de pensar que eles teriam mencionado se ela tivesse 80 anos.
— Oitenta! — A mulher idosa fingiu estar chocada. — Quero que saiba que não tenho nem um ano a mais que 43.
— Com todo respeito — falei —, se a senhora tem 43 anos, eu sou um feto.

Lily é otimista, amante do Natal, filha e neta exemplar, ela se esforça para manter uma relação com outras pessoas além do seu círculo familiar, o que anos antes foi o catalisador de sua entrada para o time de futebol da escola, tornando-a uma goleira magnífica (e não é exagero!). No entanto, Lily mesmo sendo um sucesso em campo, é retraída dentro de si, de certa forma como Dash aprecia a solidão, ela simplesmente convive com a dela.

— Ele come iogurte? — perguntou Mark. — Que tipo de adolescente ele é?
— Tolerante à lactose! — respondeu Boomer. — Dash ama iogurte e qualquer coisa com creme de leite, e gosta especialmente de queijos espanhóis.
Mark se virou para mim com ar confortador.
— Lily. Querida. Você percebe que esse Dash pode não ser hétero?

Um desenrolar fluido e cheio de humor é  marcante no envolvimento de Dash e Lily através do caderninho, a certo nível ambos começam a se sentir mais confortáveis com a ideia de comunicação com um “pseudônimo” e se abrem quanto aos seus sentimentos mais profundos, mesmo sem conhecer o rosto um do outro, Lily e Dash já se conhecem tão bem que o rosto acaba por se tornar somente uma parte de um todo.

O livro é emocionante, engraçado e o que se espera da parceria de David Levithan e Rachel Cohn que após os sucessos anteriores de sua parceria, tais como Naomi & Ely e a lista do não beijoNick e Norah – Uma Noite de Amor e Música, o livro traz uma narrativa através da visão juvenil e com a magia do final de ano, sem falar no trabalho magnífico da Galera Record com a ótima qualidade do exemplar e um visual cativante.


Que se apaixonem pelo livro, assim como eu!

bye

 

Quer ganhar um exemplar de “O Caderninho de desafios de Dash e Lily”, com um lindo caderninho?

  1. Seguir o nosso blog;
  2. Comentar esse post não esquecendo de deixar seu email;

Curtir essa foto no facebook: bit.ly/28TUXuW e no Instagram: bit.ly/28NhCIx

Boa Sorte!

Anúncios

14 comentários em “[Resenha Premiada] O caderninho de desafios de Dash & Lily

  1. Precisando ler um livro descontraído e hilário como esse, ainda mais com o espírito natalino envolvido.
    Gostei demais da análise e nem dá para desprezar o sucesso dos autores, né?

    Rudynalva Correia Soares
    rudynalva@yahoo.com.br
    Participo e mais tarde sairá divulgação no blog.
    “Não há lugar para a sabedoria onde não há paciência.” (Santo Agostinho)
    Compartilhar
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de junho com 3 livros 3 ganhadores, participem!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Primeiro tenho que dizer que achei essa capa lindíssima! E desde o lançamento ele foi imediatamente pra minha lista de desejados. Mesmo o livro destinado a um publico mais jovem, acho que vou gostar. Acredito que apesar de poucas páginas o livro nos ensina e faz refletir sobre as mudanças que inevitavelmente ocorrem em nossa vida e que devemos aceitar e aprender com elas. Gostei de saber que é uma leitura emocionante e engraçada. Me animou ainda mais em lê-lo.
    Abraço!
    Participando do sorteio!
    Seguidora: Vania Sampaio
    vaniasdocinho@hotmail.com

    Curtido por 1 pessoa

  3. Nunca sei muito bem o que esperar dessas misturas que ele faz com outros autores, mas dá vontade de ler de qualquer forma por ter o David ali. Adoro os livros dele! E esse parece ter ficado bem fofo e gostoso de ler, com personagens cativantes. Uma história bonita, engraçada, com essa visão jovem do mundo que faz ter esperanças de algo melhor ou simplesmente ansiar por viver coisas como eles… Ahh, adoro isso nos livros do autor. Gostaria de estar lendo esse também =D
    Cristiane Dornelas
    dornelas.cristiane2@gmail.com

    Curtido por 1 pessoa

  4. No resumo, amei a leitura de O caderninho de desafios de Dash e Lily. Pude aproveitar os momentos mais reflexivos do livro e, acima de tudo, me diverti e pude me entreter com ele: as personagens, tanto as principais quanto as secundárias, são cativantes; a história foge do comum; o romance é fofo; a narrativa é agradável recomendo.
    Solange Antuano
    solangeantuano7@gmail.com

    Curtido por 1 pessoa

  5. Tô louca pra ler algo do David Levithan, comprei aquele box de 3 livros dele e tenho mais 1 aqui em casa. Esse livro parece ser tão fofo e divertido, já tô apaixonada só pela resenha ❤
    E-mail: isabela6061@gmail.com
    Facebook que curti a foto: fb.com/vdd.isa
    Instagram que curti a foto: @isab.ela_

    Curtir

  6. Gostei da resenha, achei o livro bem fofo, esses romances adolescentes são uma graça, nos faz voltar na época em que passamos por essa fase, bons tempos.. e é sempre bom relembrar lendo histórias assim.

    aninha86@yahoo.com.br

    Curtir

  7. Sua resenha me deixou com ainda mais curiosidade a respeito desse livro.
    Parece ser uma leitura que te prende do inicio ao fim.
    Mal vejo a hora de ler ele ❤
    AMEI a capa, amei a sinopse da história, tudo, muito amor envolvido.
    Espero poder conhecer a obra em breve.
    Beijos,
    Caroline Garcia
    caarol.garcia@hotmail.com

    Curtir

  8. Ah… os livros de David Levithan! Sempre amo… sempre!
    Ainda não li esse, mas parece maravilhoso!
    E que capa mais maravilhosa…. já vai pra minha lista de desejados!
    bjos
    @lulupinkgv

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s