[Resenha] A Menina Que Não Acredita Em Milagres

Livro: A Menina Que Não Acredita Em Milagresa_menina_que_nao_acreditava_em_1456406450566144sk1456406450b

Autora: Wendy Wunder

Editora: Novo Conceito

Ano: 2017

Páginas: 327

Sinopse: Campbell tem 17 anos.
Ela não acredita em Deus.
Muito menos em milagres
Cam sabe que tem pouco tempo de vida, por isso quer viver intensamente e fazer 
tudo o que nunca fez, no tempo que lhe resta. Mas a mãe de Cam não aceita o fato 
de perder a filha, assim, ela a convence a fazer uma viagem com ela e a irmã para 
Promise um lugar conhecido por seus acontecimentos miraculosos.
Em Promise, Cam se depara com eventos inacreditáveis, e, também, com o primeiro
 amor. Lá encontra, finalmente, o que estava procurando mesmo sem saber.
Será que ela mudará de ideia em relação à probabilidade de milagres? 
A Menina que não Acredita em Milagres vai fazer você rir, chorar e repensar sua 
conduta de vida.

Eu nunca pensei em como iria morrer.

Okay, eu sei que esse quote não é desse livro, mas é uma boa forma de começar essa resenha. Pois, diferente de mim ou da Bella, Campbell Cooper sabe exatamente como vai morrer desde os seus 10 anos de idade. Ela descobriu ter câncer logo após a morte de seu pai. E se você juntar isso ao fato de que a mãe de Cam nunca demonstrou sentir nada pela perda do ex marido, fica explicado o fato de Cam não acreditar em Deus, no  amor ou qualquer tipo de milagre.

7d964c94-6289-472b-9502-2626404cb1c8

Hoje com 17 anos, não existe tratamento na terra que Campbell não tenha tentado, ou medicamentos que ela não tenha testado, os médicos chegaram ao diagnostico final de que a jovem não viveria tempo suficiente para completar 18 anos. Em uma ultima e desesperada tentativa, e confiando na palavra de um louco que mora em uma cabana isolada na Flórida, a mãe de Cam resolve se mudar com suas filhas para a misteriosa e milagrosa cidade de Promise no interior do Mine.

Enquanto parte nessa jornada sem nenhuma possibilidade de sucesso, Cam resolve que chegou a hora de executar a “Lista do Flamingo”, uma lista que ela e sua melhor amiga Lily (que também sofre da mesma doença que Cam), escreveram para realizar antes de morrer. Mas chegando a Promise, ela conhece Asher, um jovem tão misterioso quanto a cidade, e junto com ele pequenas coincidências que vão ensinar a Cam, que as vezes as coisas que mais precisamos, são aquelas que a vida nos traz sem nenhum planejamento, e que nem sempre podemos controlar nossos destinos ou os daqueles que amamos.

Lista do Flamingo – Campbell Cooper:

  1. Perder a virgindade em uma festa com birita;

  2. Deixar um babaca partir meu coração;

  3. Andar por aí infeliz, apática, fazendo beicinho, e dormir durante todo o sábado;

  4. Me meter em uma saia justa com o namorado da minha melhor amiga;

  5. Ser demitida de um emprego de verão;

  6. Puxar o rabo de uma vaca;

  7. Bancar a stalker inocente;

  8. Beber cerveja;

  9. Passar a noite fora de casa;

  10. Tentar roubar algo numa loja.

9c34727e-ea6e-4a4d-beb4-ebe60309ee8cVou ser bem sincero com vocês: Esse livro não tem um final feliz. Isso se você definir “final feliz” como aqueles que são apresentados pela Disney. Esse é mais um daqueles livros que serve para nos ensinar alguma coisa, abrir nossos olhos, nos chamar para realidade da vida. Não foram poucas as vezes em que as lagrimas embaçaram minha vista durante a leitura, e por mais que eu já soubesse como ele iria terminar, eu não pude deixar de me emocionar e agradecer a cada pessoa que faz parte da minha vida por existir.

O livro possui uma escrita leve e divertida, com muito humor por parte da Cam que, para para aliviar a sua realidade, utiliza como principal arma o sarcasmo e a ironia, trazendo o desconforto necessário para provocar um choque de realidade. Se você ja leu “A Culpa é das estrelas”, talvez esteja sentindo alguma leve e distante semelhança, mas esse livro não se trata de ter um amor e perde-lo. Se trata de ter uma vida, de viver com todas as suas forças, nem que seja para no ultimo minuto você possa fechar os olhos e pensar “Eu faria tudo novamente”.

Ela podia escolher o câncer e a infelicidade, ou as outras partes maravilhosas de sua personalidade. […] Pela primeira vez em um tempo muito longo, o câncer não era tudo.

A Menina Que Não Acredita Em Milagres, é um dos lançamentos da Editora Novo Conceito do mês de Fevereiro. E o livro da um show não só de escrita, mas de edição, com uma capa incrível, revisão e diagramação maravilhosas.

Para encerrar essa resenha eu queria dar uma dica: Agradeça pelas pessoas que fazem sua vida como ela é, agradeça por cada momento único e especial que vocês tem juntos, cada abraço, cada conversa, cada conselho. Não tenha vergonha de fazer o que você gosta, dos seus sentimentos ou de dizer o que você pensa. A gente nunca sabe quando vai ser a última vez que poderemos fazer isso.

Eu nunca pensei em como eu irei morrer, mas se eu morrer hoje, pelo menos eu tenho a certeza que disse que disse todos os “eu te amo” que pude, e agradeci a vária pessoas por fazerem parte da minha vida. Inclusive a vocês  (clique no coração).

O amor, Cam tinha de admitir, poderia ser real. E o amor permanece. As relações permanecem. Porque os pensamentos são energia, energia é matéria, e a matéria nunca desaparece

 Um cheiro e até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s