[Resenha] Branco como a Neve

capa branco como a neveLivro: Branco como a Neve
Autora: Salla Simukka
Ano: 2017
Editora: Novo Conceito
Páginas: 224
Sinopse: Recuperando-se do terror que vivenciou nas mãos da máfia, Lumikki tem a chance de deixar a Finlândia, se livrando das roupas pesadas, das lembranças sombrias... e do perigo. 
Ela só quer ser uma garota normal, misturar-se à multidão de turistas e aproveitar as férias.
Quando Lumikki conhece Zelenka, uma jovem misteriosa que alega ter o mesmo sangue que ela, as coincidências são inquietantes. 
Rapidamente ela se vê envolvida no mundo triste daquela mulher, descobrindo peças de um mistério que irá conduzi-la a uma seita secreta e aos mais altos escalões do poder corporativo.
Para escapar dessa trama asfixiante, Lumikki não poderá fazer tudo sozinha. Não desta vez.

Tem mistério aqui e como tem!

Uma leitura condensada e rica em detalhes, em Branco como a Neve, Salla Simukka envolve o leitor em uma trama articulada e envolvente de mistério e drama, depois de Vermelho como Sangue e sua atmosfera sombria, Lumikki está de volta, mas dessa vez em uma temporada para se libertar de seu ‘recente’ passado tortuoso em que escapou por pouco de uma morte iminente.

e0af22f7-3711-4454-8ef5-a50ebb8f9c4c

Em Praga, Lumikki tenta aproveitar uma nova fase, até conhecer Zelenka, a garota misteriosa que fala sueco surpreende-a com a afirmação de que são irmãs, a situação improvável faz crescer uma desconfiança sobre a identidade da Zelenka em Lumikki. A garota misteriosa não argumenta de forma a convencer Lumikki, que já com cicatrizes continua sem entender o porquê da garota não querer estar no mesmo ponto de encontro novamente quando se vêem, além de estar sempre com os olhos atenciosos ao seu redor, como se esperasse que algo acontecesse.

Não havia tempo para pensar. Não havia tempo para analisar. Lumikki entrou através da porta lateral e para o fedor de querosene.

Narrado em terceira pessoa com um tom sério e misterioso, em torno de Lumikki o suspense é perpetuado quando acaba se envolvendo em uma enrascada com uma seita perigosa que planeja um suicídio em massa, além figurões do poder corporativo. O quanto Zelenka está envolvida nesse novo assalto do curso da vida de Lumikki?

Com um cenário que se materializa no imaginativo com a narrativa rica de Salla, em Branco como a Neve, a qualidade da obra e da edição são dignos de perícia, cada detalhe é uma pista e nada é a toa, um livro alucinante e promissor.


E com esse “quê” de mistério deixo essa recomendação para encantar a mente ávida de um leitor!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s