[Resenha] O Erro

download (1)Livro: O Erro

Autor (a): Elly Kennedy

Editora: Paralela

Ano: 2016

Páginas: 279

Sinopse: Logan parece viver uma vida de sonhos. Com um talento incrível para jogar hóquei e um charme inato para conquistar mulheres, ele é uma das maiores estrelas da universidade de Briar. Mas por trás do característico sorriso maroto, ele esconde duas grandes angústias: a primeira, estar apaixonado pela namorada de seu melhor amigo. A segunda, saber que sua vida, após a formatura, se tornará um beco sem saída. Um dia, por acaso, ele conhece Grace, uma garota tão encantadora quanto intrigante. Tudo nela parece ser original e deliciosamente contraditório: tímida, mas ao mesmo tempo vibrante. Doce, mas ao mesmo tempo forte e confiante. A cada encontro, Logan se vê mais e mais envolvido. Mas um grande erro colocará o relacionamento desses dois jovens em risco. Agora, Logan terá que se esforçar para reconquistar Grace – nem que para isso ele precise amadurecer e encarar de frente as suas questões mais profundas e doloridas.

(vocês pensaram que não ia ter resenha hoje, né? Pois, aos 45 do segundo tempo cheguei!!)

Que a Elly Kennedy arrasa na escrita, todo mundo já sabe, e, aos que ainda não sabiam disso eu trago provas. Faz um tempinho já, se não me engano em fevereiro, que eu fiz uma resenha sobre o primeiro livro da série Amores Improváveis, O Acordo, onde conhecemos Hannah e Garrett. Hoje, apresento a vocês Grace e Logan, protagonistas de O Erro.

Grace é tímida, reservada e está em seu primeiro ano de faculdade, então esse é o seu momento para se libertar das amarras que os pais geralmente impõem. E de repente John Logan aparece na porta de seu quarto, por engano. Seriam os anjos celestiais finalmente cooperando a seu favor? Então ela aproveita esse engano para fazer o que mais deseja: ser jovem. E durante o tempo que ele passa com ela, em seu quarto, uma amizade, que aparentemente não aconteceria fora do mundo invertido, acontece.

“Ele é John Logan, um dos caras mais populares da Briar. Eu sou Grace Ivers, uma das milhares de meninas a fim dele.”

John Logan é aquele cara que sabe que é bonito e, às vezes, nem se esforça para isso. Ele é uma das estrelas do time de hóquei da faculdade, inteligente e tenta, ao máximo, aproveitar a vida, como se ela fosse acabar. Sabe o que é mais louco? Ela vai. Quando o ano terminar, Logan terá de voltar à realidade. Terá de voltar para casa, para a oficina da família – que ele toca com o irmão – terá de voltar, também, para seu pai alcoólatra. Então, encontrar uma garota como Grace parecia bom demais, afinal aquela menina era maravilhosa, além disso, ela seria a escolha perfeita para tirar da cabeça a paixonite pela namorada do seu melhor amigo, certo?

“Ainda não consegui decifrar essa garota. É doce, mas não parece ingênua. Transmite inocência, mas também é supersegura de si.”

Tá pra nascer uma série que me viciou mais que essa! Mano, é muito estranho a necessidade que eu sinto de sempre voltar pra ela e sempre reviver todos os momento possíveis.

Quando eu me deparei com essa história, eu fiquei meio insegura/com um pouco de ranço inexplicável, por motivos de: eu não sou normal, então abstraiam. Mas graças à Gaga eu me arrependi e passei, assim como todos os outros da série, amar mais essa história. Porque, na real, não tem como não se apaixonar por Grace e Logan.

Como era de se esperar, as histórias de Elly sempre trazem um tema mais profundo além do romance, e em O Erro isso não seria diferente. Logan, como eu disse, era um dos astros do time e sempre apareciam propostas pra jogar na liga profissional, mas porque diabos, ele nunca aceitava esses convites? Porque, trabalhar em casa garantia a casa propriamente dita, e os remédios que seu pai usava, e também ele não iria deixar o irmão de mão. Já Grace, traz um assunto de extrema (espero que vocês estejam lendo esse extrema em caixa alta e com luzes neon piscando) importância: relacionamentos abusivos, E ele não vem pelo romance do casal. Mas Nath e o famigerado Erro? Afinal o nome do livro é esse certo? Certíssimo, more, o erro vem e sim, isso mesmo que você pensou, vem com Logan. Sabe aquela história de que a mulher amadurece mais cedo que o homem, isso não é história, é quase uma realidade. Logan, em geral, não é um cara babacão sabe, porém é aquela coisa né… atitudes.

“Droga, queria que ela respondesse. Ou ligasse. Ou fizesse alguma coisa. A essa altura, ficaria radiante se um pombo-correio batesse com o bico na minha janela e me entregasse uma carta escrita à mão em caligrafia impecável.”

Mas enfim, genteney, em geral Elly Kennedy não nos decepciona, afinal rainha faz assim. Além de uma história maravilhosa, um espetáculo de escrita, nós revemos os outros personagens que tanto amamos: Garrett, Hannah (rainha), Dean, Truck…

Espero, do fundo do meu pequeno coração aquariano, que vocês gostem muito do livro e da série!!

Xoxo,

Nath.

Ps.; Leiam a resenha de O Acordo, clicando aqui e aguardem cenas dos próximos capítulos desse hino de série.

 

Anúncios