[Resenha] Horror na Colina Darrington – #ParaArrepiar

Livro: O Horror na Colina Darrington

Autor: Marcus Barcelos

Editora: Faro Editorial

Ano: 2016

Páginas: 142

Sinopse: Em 2004, Benjamin Simons deixa o orfanato em que viveu desde a infância para ajudar alguns parentes num momento difícil: com sua tia debilitada e o tio trabalhando dia e noite, precisavam de alguém para tomar conta de sua prima Carla, de apenas cinco anos de idade.
No entanto, certa madrugada, a tranquilidade da colina de Darrington é interrompida por um estranho pesadelo, que vai tomando formas reais a cada minuto. Logo, Ben descobre-se preso numa casa que abriga mistérios, onde o inferno parece mais próximo e o mal possui uma força evidente.
Passaram-se mais de 10 anos. Isso tudo aconteceu quando Ben estava com dezessete anos, e foram experiências das quais ele preferia esquecer completamente…
Mas aquele passado o acompanha de perto. Ben sente que precisa voltar e sabe que, ou desvenda tudo ou sempre viverá com medo. Então, ele decide contar, e traz numa narrativa angustiante e rica em detalhes tudo o que viveu e todas as batalhas impensáveis que travou para tentar manter a si próprio e a jovem prima em segurança. E se descobre no centro de uma conspiração capaz de destruir até a sua própria sanidade.
Onde termina o inferno e começa a realidade?


Durante anos, Benjamin Simons viveu a beira da sociedade, visto como um monstro, um assassino, um louco. Mas agora chegou a hora de contar a sua história.

Em 2004, Benny vivia na Colina Darrington, juntamente com seu tio Romeo, sua prima Carla e sua tia Júlia em coma. Uma vida relativamente normal, se a casa da Colina não fosse assombrada pelas Trevas. Derrepente, um dia comum se torna um jornada para salvar a vida da sua prima, a sua e impedir que o Mal invada o nosso mundo.

Dez anos se passaram, e ainda hoje Benjamin se vê assombrado pelos eventos da Colina Darrington, agora após tantos anos preso em um sanatório, ele começa a duvidar da sua sanidade, quando um nome que nunca saiu da sua mente, retorna para lembra-lo de que tudo foi real, e que aínda falta muito para ele encontrar a paz.

Eu não sei como vou fazer para dormir essa noite. Manos, esse foi de longe um dos livros de terror que mais me deixaram real com medo (não que isso seja muito difícil, uma vez que eu sou um frouxo). Quando a parada envolve espíritos, demônios, portais para o inferno, isso me dá um baita arrepio na espinha!

Combine isso com a escrita brilhantemente angustiante do Marcus Barcelos, e você terá a fórmula perfeita para um pesadelo. Com um ritmo acelerado e desenvolvimento instigante dos fatos, Horror na Colina Darrington, é o livro que eu não recomendo para aqueles que tem um coração fraco e se impressionam fácil (eu mesmo no caso).

Mais uma vez eu vou puxar o saco da Faro. Mas caramba, essa é de longe a edição mais bonita dos livros deles que já vi! Todo o cuidado de trabalho desde o corte, ilustrações e capa fazem a experiência de leitura desse livro ser ainda mais intensa.

Marcus migo, um recado para você: Tenho muito medo de você agora, mas sigo atentissimo aos próximos livros da série.

Anúncios