[FILMES] OITO MULHERES E UM SEGREDO

14-oceans-8.nocrop.w710.h2147483647

Direção: Gary Ross
Data de Lançamento: 7 de Junho de 2018
Elenco: Sandra Bullock, Cate Blanchett, Mindy Kaling, Sarah Paulson, Anne Hathaway, Rihanna, Awkwafina, Helena Bonham Carter
Gênero: Thriller/Filme policial
Duração: 1h 50m
Sinopse: Recém-saída da prisão, Debbie Ocean planeja executar o assalto do século em pleno Met Gala, em Nova York, com o apoio de Lou, Nine Ball, Amita, Constance, Rose, Daphne Klugere Tammy.

Sem o mesmo nível de hostilidade visceral que se destina a ele como a reinicialização feminina dos Ghostbusters, o Ocean’s 8 realmente tem uma chance por aqui. Talvez seja porque os cineastas reuniram um elenco incrível de atores no topo de seu jogo ou ainda na escalada, há uma sensação de empolgação no ar sobre isso.

E sabe de uma coisa? É divertido. Diversão idiota, mas divertida, no entanto.

Em um aceno claro para cena de abertura do Onze Homens e Um Segredo, Debbie Ocean (Sandra Bullock), irmã de Danny, está em liberdade condicional depois de cumprir cinco anos com promessas de reviravoltas e viver uma vida limpa e simples. Ela imediatamente coloca em prática um plano de um assalto ambicioso para roubar US$150 milhões em valor de diamantes Cartier do pescoço da estrela Daphne Kluger (Anne Hathaway) durante o anual Met Gala em Nova York.

Para fazer isso, ela e sua parceira Lou (Cate Blanchett) têm que montar uma equipe de criminosas interpretadas por Helena Bonham-Carter, Sarah Paulson, Mindy Kaling, Rihanna e Awkwafina. Danny Ocean pode ter precisado de 11 homens para roubar o Bellagio, mas Debbie só precisa de sete mulheres, eventualmente oito.

oceans-8-trailer-preview

A maior decepção talvez do filmes é que há muitos buracos na trama e algumas reviravoltas que levam à crença, incluindo momentos em que você sabe que eles estavam tomando decisões erradas em um 2018 de alta tecnologia obcecada por vigilância.

Mas a história não é realmente porque você está aqui. A razão para ver o Oito Mulheres e Um Segredo é passar tempo com essas mulheres, observando-as planejar e realizar um assalto ousado e arriscado. Há uma química cintilante entre todo o elenco, apenas vê-las tendo um tempo brilhante juntas é divertidíssimo. Porque elas parecem estar se divertindo e você quer se divertir com elas.

Apesar do filme ter um elenco em peso de estrelas, eu senti falta de uma divisão melhor de tempo entre as atrizes para que todo o potencial delas pudesse ter sido valorizado. Ainda assim, cada uma teve o seu momento de apresentação de personagem para que nós pudéssemos compôr toda a paisagem da história principal do filme.

Porém, apesar do tempo de tela ser nitidamente das maravilhosas Sandra Bullock e Cate Blanchett, quem rouba a cena do filme é a Anne Hathaway. Ninguém dava nada para a personagem dela – mal-humorada, impetuosa e insegura – e talvez esse tenha sido o verdadeiro roubo. Hathaway tem incrível timing cômico e o tom levemente cáustico que ela traz ao seu papel e é perfeito.

180530-oceans-8-cast-1-ew-210p_ece35a1104345534de1d854270de8d9e.focal-760x380

Oito Mulheres e Um Segredo é um filme sem desculpas das mulheres – o que não quer dizer que os homens também não vão se divertir muito. Mas quase tudo acontece em espaços tradicionalmente associados às mulheres – Bergdorfs, o Met Gala, joalherias. Em um ponto, Lou tenta convencer Debbie a contratar um homem para um dos papéis e Debbie diz: “ele é notado, ela é ignorada, por uma vez queremos ser ignorados”.

Bem, não há como ignorar essas mulheres. O fato de que este filme de grande orçamento existe, que um estúdio está investindo muito dinheiro de marketing nele, que conquistou três vencedoras do Oscar, e é algo que todos nós estamos percebendo. Eles só poderiam ter trabalhado um pouco mais em alguns detalhes no roteiro e ele seria um filme perfeito.

Oito Mulheres e Um Segredo estréia hoje dia 7 de junho em todos os cinemas por todo o Brasil e definitivamente é um filme que você irá querer assistir. Para querer um gostinho de quero mais, segue o trailer legendado logo abaixo:

Anúncios

[FILMES] A MORTE DE STALIN

the-death-of-stalin-british-movie-poster

Direção: Armando Iannucci
Data de Lançamento: 7 de Junho de 2018
Elenco: Steve Buscemi, Jeffrey Tambor, Olga Kurylenko, Michael Palin, Andrea Riseborough, Simon Russell Beale, Paddy Considine, Jason Isaacs
Gênero: Drama/Comédia dramática
Duração: 1h 47m
Sinopse: União Soviética, 1953. Após a morte de Josef Stalin, o alto escalão do comitê do Partido Comunista se vê em momentos caóticos para decidir quem será o sucessor do líder soviético.

 

Desde o início A Morte de Stalin deixa claro que este não é um filme baseado na precisão histórica.  A comédia não é o gênero óbvio para lidar com um autocrata brutal que matou milhões de pessoas, mas a morte de Stalin funciona perfeitamente. Usando uma forma particularmente cruel de comédia para atacar a tolice, a crueldade e o assassinato em massa institucionalizado, o diretor e co-escritor Armando Iannucci lança um olhar escabroso para os bajuladores criado pela morte do ditador soviético Josef Stalin. Os resultados são absurdos e irreverentes, mas não são irresponsáveis.

1

Os historiadores que estão perturbados por esta releitura solta da morte de Stalin e suas conseqüências provavelmente não estão cientes do trabalho de Iannucci. O satírico que nos deu os programas de TV como Veep e The Thick of It (e o filme de Thick, In the Loop) adora expor como a política é principalmente uma disputa de pau entre gente branca grosseira, profana e faminta por poder. Então, é claro, a história de Stalin e seu círculo íntimo é o principal alimento para Iannucci.

Trabalhando com os colaboradores de longa data David Schneider, Ian Martin e Peter Fellows e adaptando o livro de Fabien Nury e Thierry Robin, Iannucci concentra-se principalmente na luta de poder entre Khrushchev e o chefe da polícia secreta Lavrentiy Beria (interpretado por Simon Russell Beale) após a morte abrupta de Stalin. Mesmo que o vaidoso e medíocre vice-secretário-geral Georgy Malenkov (Jeffrey Tambor) seja o líder de facto, Khrushchev e Beria lideram, e cada um secretamente planeja uma maneira de assumir o controle.

The-Death-Of-Stalin-still20178151248705

Mais uma vez, se você souber como Iannucci trabalha, pode esperar que Stalin seja tão hilariamente desbocado quanto seus trabalhos anteriores. Mas desta vez, as travessuras vulgares contrastam com as coisas traiçoeiras e horríveis que Stalin e sua equipe fizeram com o povo russo. A Morte de Stalin está aqui para nos lembrar que sempre que pessoas egoístas e incompetentes estão em posições de poder, muitas outras pessoas sofrem.

Confira o trailer legendado logo abaixo: