[FILMES] BUMBLEBEE

4Direção: Travis Knight
Ano de Lançamento: 20 de Dezembro de 2018
Elenco: Hailee Steinfeld, John Cena, Gracie Dzienny, Vanessa Ross, Peter Cullen, Megyn Price
Gênero: Ficção/Ação
Duração: 1h53min
Sinopse: No ano de 1987, Bumblebee encontra refúgio em um ferro-velho de uma pequena cidade praiana da Califórnia. Charlie (Hailee Steinfeld), prestes a fazer 18 anos e buscando seu lugar no mundo, encontra Bumblebee machucado e sem condições de uso. Quando o revive, Charlie logo percebe que este não é qualquer fusca amarelo.

Bumblebee é o mais recente filme habitado no mundo de Transformers, que é o sexto filme a ser lançado da franquia e é uma prequela que se passa nos anos 80 divertida, sincera e cheia de ação que inaugura uma nova – e melhor – era de filmes sobre os Autobots.

Bumblebee começa durante a guerra em Cybertron, onde Bumblebee (brevemente dublado por Dylan O’Brien) e seus companheiros rebeldes tentam fugir dos Decepticons. Optimus Prime (Peter Cullen) tenta manter os Decepticons distraídos para que Bumblebee e os outros Autobots consigam escapar de Cybertron e fugir para lugares seguros ao redor da galáxia. Bumblebee, em particular, recebe a tarefa de se dirigir à Terra e proteger o planeta dos Decepticons, para que os rebeldes possam se reagrupar e eventualmente recuperar sua casa em Cybertron. No entanto, a chegada de Bumblebee na Terra é problemática quando ele encontra um grupo de soldados norte-americanos liderados por Jack Burns (John Cena), que imediatamente ordena que os Autobots sejam caçados e destruídos. Então, as coisas pioram quando os humanos e Bumblebee são atacados por um Decepticon, que destrói a caixa de voz de Bee e danifica sua memória antes de ser derrotado.

3

Depois de algum tempo, Bumblebee é descoberto em seu estado oculto como um Fusca pela jovem mecânica Charlie Watson (Hailee Steinfeld). A garota convence o dono da garagem onde Bee está se escondendo para lhe dar o carro, mas quando ela leva o Fusca para casa, ela logo descobre que há mais do que aparenta. Um pária social entre seus colegas de classe e distanciada do resto de sua família – sua mãe Sally (Pamela Adlon), padrasto Ron (Stephen Schneider) e irmão mais novo Otis (Jason Drucker) – Charlie faz uma amizade rápida com o Autobot encalhado, até mesmo dando a ele o nome de Bumblebee. No entanto, quando dois Decepticons, Shatter (Angela Bassett) e Dropkick (Justin Theroux), rastreiam Bumblebee na, Charlie tenta ajudar a proteger Bee e o planeta daqueles que lhes faria mal.

Dirigido por Travis Knight e com um roteiro de Christina Hodson, Bumblebee retorna a franquia Transformers às suas raízes. A natureza prequela do Bumblebee permite que o filme ignore a continuidade dos cinco filmes anteriores e é, sem dúvida, o melhor. Em uma franquia que continuamente reescrevia sua própria história para inserir Autobots na lenda arturiana e em outros lugares através do tempo, Bumblebee é como uma brisa nova, pois se concentra mais em seus personagens centrais do que em Transformers maiores e mais ruins ou tentando expandir o universo incessantemente. Bumblebee é uma história relativamente simples sobre uma garota e seu amigo, que por acaso é um robô rebelde fugindo de uma facção opressiva de sua raça alienígena.

Essa história simples, reforçada pelo roteiro de Hodson e pela direção convincente de Knight, ajuda a elevar Bumblebee como um filme de ação/aventura. Graças, em parte, ao cenário dos anos 80 do filme, ele se encaixa na nostalgia dos Transformers, remontando a uma época em que os fãs de longa data dos Autobots estavam descobrindo os Robots in Disguise – assim como Charlie está descobrindo Bumblebee. Para ter certeza, a amizade de Charlie com Bee é a força motriz central do filme, mais ainda do que a missão de Bumblebee de proteger a Terra ou criar um ponto de encontro para o resto dos Autobots. O roteiro de Hodson é construído inteiramente em torno de seu relacionamento, e é eficaz para fundamentar o mundo de ficção científica de alto conceito em algo doce, cheio de empatia e humanidade. Charlie e Bee são a alma de Bumblebee de uma forma que mostra exatamente o que faltavam filmes anteriores de Transformers.

Claro, isso não seria possível sem a atuação mais uma vez incrível da Hailee, que rapidamente se mostrou uma das jovens atrizes em ascensão de Hollywood mais talentosas depois de sua estréia em Bravura Indômita. É em grande parte através da performance de Steinfeld que a amizade entre Charlie e Bee é acreditável e interessante de se assistir na tela. E então temos John Cena como o vilão humano em Bumblebee, o agente do exército americano empenhado em proteger seu mundo dos alienígenas que ele não entende. John é um vilão bastante descomplicado e subdesenvolvido, mas de outra forma passível de manutenção, e ele traz bastante carisma para o personagem. O resto do elenco de apoio é similarmente bidimensional, mas eles funcionam bem para sustentar a história principal de Charlie e Bee.

Bumblebee Trailer screen grabCredit: Paramount Pictures
Bumblebee Trailer screen grab Credit: Paramount Pictures

Porém, é claro, um filme de Transformers não seria completo sem sua parte justa de ação e Bumblebee não falha em mostrar as batalhas entre Autobots e Decepticons. A partir do momento em que o filme começa com um último esforço dos Autobots para escapar da Cybertron, fica claro que Bumblebee também se esforça para mostrar tudo o que os Robots in Disguise podem fazer. Assim, os espectadores que esperam mais da ação que Transformers sempre mostrou, não ficarão desapontados. Na verdade, Bumblebee pode até mesmo entregar algumas das melhores sequências de ação da série, enraizando-os em momentos de personagens e mostrando as habilidades dos vários robôs.

Bumblebee não é apenas uma boa prequel para a franquia Transformers principal, é a melhor entrada na série até agora – ainda melhor do que o filme original de Bay de 2007. Em uma série que se distanciou cada vez mais da humanidade dos Robots in Disguise, trocando por uma ação maior e uma construção de mundo mais complicada, Bumblebee retorna uma alma à franquia que falta há algum tempo. Como resultado, Bumblebee é uma fantástica experiência para os fãs de Transformers jovens e velhos e também funciona como um bom ponto de entrada para a série, por isso mesmo aqueles que não estão familiarizados com a franquia podem encontrar prazer na história de Charlie e Bee.

Confira o trailer do filme legendado logo abaixo:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s