De pernas pro ar 3

Filme: De pernas pro ar 3

Direção: Júlia Rezende

Elenco: Ingrid Guimarães; Bruno García; Maria Paula; Denise Weinberg; Samya Pascotto; Cristina Pereira…

Duração: 1hr 48min

Gênero: Comédia

Produção: Downtown Filmes

Sinopse: O sucesso da franquia Sex Delícia faz com que Alice (Ingrid Guimarães) rode o mundo, visitando os mais diversos países em uma correria interminável. Sem tempo para se dedicar à família, quem assume a casa é seu marido João (Bruno Garcia), que cuida dos filhos Paulinho (Eduardo Mello) e Clarinha (Duda Batista), de apenas seis anos. Cansada de tanta agitação, Alice decide se aposentar e entregar o comando dos negócios à sua mãe, Marion (Denise Weinberg). Porém, o surgimento de Leona (Samya Pascotto), uma jovem competidora, faz com que mude seus planos.

Estreia dia: 11 de Abril de 2019


Trabalhar com o conceito de crise de meia idade feminina é uma enorme influência positiva para as mulheres jovens da atual geração, quando ainda novos, pensamos no quanto ainda temos a percorrer e quantas chances ainda há para agarrar, e esquecemos a experiência adquirida dos mais velhos pelas mesmas situações , o que acontece inversamente também, quando os “maduros” disputam com a juventude e beleza oportuna ao invés do acolhimento e saudosismo esperados.

A Alice (Ingrid Guimarães) nesse longa carrega os problemas enfrentados pelas mulheres que optaram pelo sucesso financeiro e a dificuldade em lidar com dois mundos opostos mas que se complementam, o familiar e o profissional. Ver os seus filhos crescerem de perto e/ou manter um casamento duradouro tem que ser um caminho escolhido a dedo, quando desejamos vitória em ambos. De maneira leve a comédia é muito bem expressa na perspectiva da profissão atípica da Alice, compartilhando a quebra do tabu sobre o prazer feminino, também rebatido nas sequencias anteriores. A Leona (Samya Pascotto) desempenha o papel oposto dignamente de uma garota nova em ascensão, justamente buscando fazer a sua marca e ser aceita. Ofertando ainda mais humor a toda a questão.

A trama se direciona na tentativa da personagem se habituar a vida familiar, o que revê conceitos até então adotados pelas mulheres, e dando uma visão mais feminista da coisa. Fazendo as cenas iluminadas com a mudança de ambientação entre a cidade do Rio Janeiro e a de Paris mudando também gradativamente as cores e a música tema o que deve agradar bastante o público que assiste filmes com temática de moda (da pra notar a influência com o aclamado Diabo veste Prada do David Frankel).

A Júlia Rezende (meu passado me condena, um namorado para a minha mulher) criou um hábito de comodismo com a área, alvejando com exatidão o que o público brasileiro espera de um filme de comédia. Inserindo a sexualidade (aquela pitada especial para as cenas quentes com o Cauã Reymond) uma trilha sonora conhecida e as cenas românticas acalentando o público feminino desde então já apaixonado pela obra.

De pernas pro ar mantém a leveza, originalidade e graça de seus predecessores, fazendo o público rir novamente com a caracterização de seus personagens. Uma ótima pedida para a comédia brasileira contemporânea.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s