FROZEN 2

Filme: Frozen 2

Título original: Frozen II

Direção: Jennifer Lee, Chris Buck

Elenco: Kristen Bell, Idina Menzel, Josh Gad…

Duração: 1hr 44min

Gênero: Animação

Produção: Walt Disney Pictures

Distribuição: Disney / Buena Vista

Sinopse: De volta à infância de Elsa e Anna, as duas garotas descobrem uma história do pai, quando ainda era príncipe de Arendelle. Ele conta às meninas a história de uma visita à floresta dos elementos, onde um acontecimento inesperado teria provocado a separação dos habitantes da cidade com os quatro elementos fundamentais: ar, fogo, terra e água. Esta revelação ajudará Elsa a compreender a origem de seus poderes.

Estreia dia: 2 de Janeiro de 2020


A sequência mais aguardada por fim dá as caras, Frozen: uma aventura congelante sendo o quinquagésimo-terceiro filme da Disney que estreou em 2013, balançou o mundo das animações e carregou prêmios e bilhões por onde passou (Oscar de melhor animação, melhor canção original e nada menos que 1,2 bilhões de dólares) além do coração acalorado da criançada e pontualmente das garotas que se inspiraram na rainha do gelo e suas performances rítmicas e dançantes. Precisamente sua continuação já carrega o aval de seu progenitor, a ânsia do público além da incerteza sobre o futuro de nossa protagonista.

Elsa por sua vez, após um período de paz encantador em Arendelle, principia a ouvir uma voz desconhecida, um chamado, convidando-a uma nova aventura, vasculhando o passado de seus pais e o prelúdio dos seus próprios poderes. Anna no que lhe diz respeito deseja a inclusão nos projetos de sua irmã, graças a sua insegurança e apelos que lhe foram concedidos como âmago. Carregando suas devidas dúvidas, ambas e companhia saem para encontrar respostas em florestas encantadas e vales tenebrosos.

A evolução das animações sempre tendem a ser pauta, a água, os movimentos, traços e desde então coloração dos personagens, assaltaram expressões de espanto e arrancaram os famosos “Dá pra ver até os fios de cabelo” dos espectadores menores. Distanciado de drama e conjectura, o enredo dessa sequência deixa a desejar, com um pretexto óbvio e já então conhecido dos mais ajuizados, a animação soma o peso das performances musicais e solidariza com a baixa evolução dos personagens adicionais.

“Into the Unknown” – algo como Minha intuição – não pega fácil como “Let It Go”, mas restabelece-se diante da apresentação de Elsa, isolada e desesperada por respostas, ao longo do tempo condiz com a música tema e a trilha sonora se torna mais fácil de ser carregada. A ausência de compromisso com a história mantém o já debilitado desfecho ainda mais anêmico e sem forma, o personagem Olaf se torna um centro propício a uma narrativa individual, pelo seu charme e carisma já cativante, além da fixa inspiração filosófica sobre a sua criação e amadurecimento, o seu desenvolvimento é claro e envolvente.

Enfim, a rainha da neve não sensibiliza e finaliza por ganhar uma cópia imatura de sucessos de outros longas, com suas quase duas horas de duração, pequenos trechos são realmente tocantes e inesquecíveis, a performance musical da Anna se torna monótona e o Kristoff detona com sua melancólica “Lost in the Woods” relembrando clássicos videoclipes dos anos 80, mas não completamente satisfatório aos fãs mais persistentes, desmotivando para a espera de demais continuações.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s