Os Manuscritos Perdidos de Charlotte Brontë

Livro: Os Manuscritos Perdidos de Charlotte Brontë
Autora: Charlotte Brontë
Editora: Faro Editorial
Ano: 2019
Páginas: 176
Sinopse: Resgatado de um naufrágio e perdido por quase dois séculos, este livro tem uma história tão incrível quanto as escritas pela família Brontë.
Viajando por quase duzentos anos entre o Velho e o Novo Mundo, os manuscritos passaram por diversas mãos e sobreviveram até a um naufrágio. Mais do que os primeiros rascunhos do que viria a se tornar a obra de Charlotte, o material revela detalhes da vida de uma das famílias mais talentosas da literatura mundial.
Tudo teve início em 1810, quando Maria Branwell, que se tornaria mãe das famosas irmãs Brontë, obteve um livro, em sua terra natal. Dois anos depois, ela se mudou e o exemplar estava entre seus bens que naufragaram em um navio.
O livro foi recuperado intacto e tornou-se precioso para toda a Família Brontë, sendo não apenas uma fonte de leitura, mas também de anotação pelas irmãs Charlotte, Emily, Anne, seu irmão Branwell e seu pai, Patrick.
Em 1861, o livro foi vendido em um leilão depois da morte de toda a família. E, nos anos seguintes, passou por diversos donos, eventualmente, viajando para a América, onde permaneceu em uma coleção particular até 2015.
Comprado pela Brontë Society, descobriu-se joias literárias e históricas escondidas entre suas páginas. Isso inclui anotações, esboços e dois textos nunca publicados de Charlotte Brontë.
Mas este trabalho vai além: especialistas foram convidados a examinar os documentos e apresentam muitas reflexões, incluindo uma sobre a inspiração de Emily Brontë para um dos maiores livros da história: O morro dos ventos uivantes.

Compre Aqui!


Um livro resgatado de um naufrágio viria a se tornar um objeto de extrema importância para uma das principais famílias da literatura inglesa. Em “Os Manuscritos Perdidos de Charlotte Brontë” vamos acompanhar uma análise sobre o exemplar de The Remains of Henry Kirke White, pertencente a família Brontë, uma obra que hoje se encontra repleta de anotações e pequenos textos escritos pelos irmãos Brontë no começo de suas carreiras.

O livro contém estudo de cinco especialistas na história da família Brontë e discorre a cerca da importância que essa obra teve na construção dos aclamados romances escritos pelas irmãs Charlotte, Emily e Anne. Além de uma grande aula sobre a história dessas grandes mulheres da literatura, também vamos conhecer sobre como funcionava o mercado editorial naquela época.

Não posso negar que foi uma grande surpresa a leitura desse livro, o título e subtítulo me fizeram pensar em tudo, menos na biografia de uma obra pertencente as irmãs Brontë. Porém a leitura é extremamente agradável e prazerosa, pois os autores conseguem passar através dos textos a importância que o The Remains of Henry Kirke White teve na construção de tantas obras conhecidas do público.

Os Manuscritos Perdidos, é o tipo de livro perfeito para pessoas curiosas e questionadoras, com uma edição em capa dura super luxuosa, e uma arte interna espetacular, a Faro Editorial se supera a cada dia com a qualidade de seus trabalhos.