[Resenha] Doce Tentação

Livro: Doce Tentação

Autora: K. Bromberg

Tradução: Andreia Barboza

Editora: AllBook Editora

Páginas: 190 (ebook)

Ano: 2018

Sinopse: Tudo começou com o convite. Para o novo casamento do meu ex-noivo.
Deveria tê-lo ignorado. Jogado fora ou ateado fogo. Mas não fiz nada disso. Eu respondi dizendo que iria e levaria um acompanhante.
E então, acidentalmente, minha assistente o enviou pelo correio.
É aí que Hayes Whitley entra em cena. Estrela de cinema. O homem que conquistou o coração de milhões de pessoas. Entreguei o meu a ele há anos. Ele foi meu primeiro amor. Era meu tudo. Bem, até ir embora para correr atrás dos seus sonhos sem nem me dizer adeus.
Quando ele apareceu, do nada, dez anos depois, eu deveria ter me afastado dele. Deveria ter rejeitado sua oferta para me levar ao casamento do meu ex. Nunca deveria ter permitido que ele me beijasse.
Mas não fiz isso.
E agora, ficamos nos perguntando se os fragmentos de vida que compartilhamos ainda se encaixam de alguma forma. O primeiro amor é difícil de esquecer. A questão é: será que queremos esquecer? Ou devemos arriscar e ver o que acontece depois?


Saylor desfez o seu noivado as vésperas do seu casamento. Num impulso de coragem ela deixou para trás uma relação sem amor e foi atrás do seu sonho e da sua independência.

Meses depois ela abriu a sua confeitaria, a SweetChekes, e agora luta para se estabelecer no mercado, e fazer o nome do seu negócio deslanchar. Mas em um golpe de sadismo, o seu ex noivo lhe envia o convite do seu casamento, com outra mulher. Saylor desnorteada e sem saber o que fazer, preenche o cartão de respostas confirmando o comparecimento… Acompanhada. Quando sua assistente acidentalmente envia o cartão de volta aos noivos, seu irmão Ryde tem um brilhante plano: e se a Saylor fosse ao casamento acompanhada de alguém mais relevante que seu ex, e ainda aproveitasse a ocasião para divulgar a confeitaria? O plano seria perfeito, se não envolvesse Heyes Whitley.

Heyes é um grande ator Hollywoodano, que derrete todos os corações por onde passa, mas teve o seu arrebatado a muito tempo pela pequena Saylor, irmã do seu melhor amigo Ryde. A dez anos, ele a abandonou para seguir atrás dos seus sonhos de ser ator, e tem certeza de que ela nunca mais quer vê-lo pela frente. Mas uma mensagem de Ryde faz com que tudo mude para ele, e agora que Saylor precisa da sua ajuda pode ser uma boa hora de consertar o passado.

Entre deliciosas guerras de cupcake, casamentos e flertes no twitter; Doce Tentação é o romance perfeito para marcar a estreia da AllBook Editora, e se prender ao coração dos leitores com o amor de Saylor e Heyes.

K. Bromberg conquistou o mundo com seu Best Seller Driven, mas conquistou meu coração com Doce Tentação.

Eu particularmente tenho um grande apreço por romance que envolvem comida, afinal, quando juntos as duas melhores coisas do mundo, não tem como dar errado. Doce Tentação é mistura perfeita de comédia a gosto, um pitada de Drama e muitas xícaras de romance, resultando em um livro cativante que prende a atenção do leitor e mexe com suas emoções ao aproxima-lo de seus personagens.

Não haveria opção melhor para a estreia da AllBook Editora no mercado do com um livro tão saboroso e apaixonante, garantindo ao leitor que a editora ainda lhe reserva muitas surpresas pela frente.

A edição do ebook apresenta uma qualidade impressionante de diagramação e tradução, deixando as expectativas para o livro físico ainda maiores.

O site da editora já abriu a pré venda do livro físico e clicando aqui você pode garantir o seu, e usando o nosso cupom de desconto OutroGarotoLendo você garante 10% desconto, nesse livro e em todas as promoções do site.

Anúncios

[RESENHA] Um Amor de Mentira

Livro: Um Amor de Mentira

Autora: Rubanne Damas

Páginas: 396

Editora: Ponto Literario

Ano: 2018

Sinopse: Alice Medeiros tem raiva dos homens por causa do seu ex namorado pulador de cerca. Ela é autoritária, resmunguenta e possui uma língua ferina quando se sente ameaçada.
Alice nutre uma raiva secreta por Jordan Goulart, o barbudo produtor da empresa e ogro mal educado. E quando ele percebe sua existência e usa de sarcasmo e prepotência para cima dela, Alice usa de suas unhas e dentes expostos para mantê-lo longe. O que não adianta muito, pois uma viagem para o exterior é jogada sobre seu colo e no pacote está incluso Jordan e suas várias camadas de humor. Logo no coquetel de boas vindas, um desentendimento acontece e um namoro falso surge entre eles. E quando o ex de cada um aparece, o falso romance precisa ser estendido.
O que fazer depois que a mentira se confunde com a verdade? Alice e Jordan irão se meter em um grande nó sem volta, principalmente quando o destino decide jogar com suas vidas e lhes deixar um presente.


Desde que descobriu a traição do seu noivo, Alice não confia nos homens. Para ela, são todos canalhas e sem escrúpulos, assim como Maurício ou como Jordan, seu colega de trabalho insuportavelmente grosso.

Depois que sua noiva terminou o relacionamento e levou junto suas coisas, Jordan se fechou e acabou se tornando um ogro, que destrata todos ao seu redor, principalmente a insuportável secretária da presidência.

Quando Jordan e Alice são enviados em uma viagem de negócios de 4 dias na Califórnia, os dois percebem que a relação entre eles pode ser mais do que gritos e xingamentos. Principalmente quando eles inventam um romance de mentira para afastar as pessoas indesejáveis do passado.

Mas será que esse amor de mentira não pode se tornar um amor de verdade?

Um Amor de Mentira, é o clássico clichê que todos amamos. Com todas as doses necessárias de humor, drama e sensibilidade para construir uma história apaixonante. Um ponto positivo nessa história para mim foi a melhor amiga da Alice, a Morgana que é de longe a melhor personagem do livro e merece um livro para contar sua própria história que com certeza seria hilária.

Além de comédia e romance, assuntos como violência contra a mulher são levemente citados e a importante mensagem de que a denuncia é importante foi brilhantemente exposto.

A autora Rubanne Damas, construiu uma comédia romântica perfeita para todos aqueles que buscam um alívio dos dias corridos. Uma história leve e divertida, mas que também possui seus momentos de drama e arranca lágrimas dos leitores .

A edição do livro demonstra um cuidado especial por parte da editora com a diagramação e arte de capa.

E para você que está curioso com essa história, o site da editora está em promoção e o livro está saindo por R$19,90! Clique aqui e confira!

[Resenha] Fique Comigo

Livro: Fique Comigo

Autora: Ayòbámi Adébáyò

Tradutora: Marina Vargas

Editora: Harper Collins Brasil

Páginas: 237

Ano: 2018

Sinopse: Yejide espera por um milagre: um filho. É o que seu marido deseja, o que sua sogra deseja, e ela já tentou de tudo para engravidar. Mas, quando seus parentes insistem que seu marido receba uma nova esposa, Yejide chega ao limite. Tendo como pano de fundo a turbulência política e social da Nigéria dos anos 1980, Fique comigo relata a fragilidade do amor matrimonial, o rompimento de uma família, o poder do luto e os laços arrebatadores da maternidade. Uma história sobre as tentativas desesperadas que fazemos para salvar a nós mesmos, e a quem amamos, do sofrimento.


Yejide vive na Nigéria dos anos 80, no auge da sua crise política e social, e além de todo esse contexto em seu país, ela ainda precisa lidar com os costumes poligamos e a pressão para engravidar por parte da família de seu marido.

Quando a segunda esposa aparece em sua casa sem seu consentimento, ela se vê em uma situação de desespero, onde para manter o seu casamento a única alternativa seria engravidar.

Fique Comigo é um romance incrível, sobre superação e resistência. Um livro apaixonante do começo ao fim, capaz de aquecer até mesmo os corações mais frios.

A narrativa da Ayòbámi Adébáyò, demonstra uma qualidade única, um estilo próprio é uma fluidez espantosa. O livro intercala pontos de vista e passagens de tempo, nos dando uma maior perspectiva sobre os fatos e consequências deles nas vidas das personagens, permitindo assim uma maior absorção do conteúdo e da mensagem do livro.

A edição da Harper Collins, apesar de simples ela também é muito bem executada, como já é característico da editora.

Esse é um livro para aqueles que nesses momentos sombrios, procuram uma luz de esperança.

[RESENHA] Desvendando Princesas

Livro: Desvendando Princesas

Autora: Vanessa Marques

Ano: 2018

Editora: Planeta Literário

Páginas: 299

Sinopse: São Vicente está em festa!
Finalmente, o príncipe Nicolas Volkovich irá se casar com uma plebeia! A família Haddad está em êxtase porque, em breve, sua primogênita se tornará uma princesa! Seria um conto de fadas perfeito, se no meio dele não existisse um porém… Luciana, a futura princesa, desapareceu e somente sua irmã poderá ajudá-la.
Isabella Haddad saiu de São Vicente após um momento trágico e prometeu jamais retornar. Seguiu sua vida e teve sua chance de recomeçar. Até que um simples telefonema na madrugada diz exatamente o que ela menos queria: era a hora de voltar para casa!
Será que Isabella conseguirá desvendar o mistério do desaparecimento da princesa e resistir a tudo aquilo que deixou para trás? Até que ponto o perdão pode apagar as mágoas do passado?


Isabella Haddad deixou seu país São Vicente para trás a alguns anos, juntamente com sua família, a realeza e todos os problemas do passado. Mas agora, após o sequestro de sua irmã a Princesa Luciana, ela para ser a única capaz de desvendar esse mistério e impedir um crime ainda maior de acontecer. Mas para isso ela vai precisar lidar com os fantasmas do seu passado e tentar seguir em frente para encontrar sua irmã.

Nesse thriller eletrizante, Isabella se verá em meio a tramas políticos, mistérios e história do passado mal resolvidas. Desvendando Princesas é um livro com um enorme potencial, capaz de te deixar viciado em suas páginas do começo ao fim.

Vamo lá molecada! Essa é a primeira resenha de uma obra da nossa nova parceria Planeta Literário (PL).

Em Desvendando Princesas vamos encarar uma das histórias com maior potencial de desenvolvimento que eu já li nos últimos meses. O livro é um thriller policial, com um ritmo bastante acelerado e instigante, que prende o leitor fazendo-o querer desvendar o mistério.

Como eu disse, o livro tem bastante potencial de desenvolvimento, mas todo esse potencial não foi bem trabalhado pela autora, o que fica explícito em sua narrativa cheia de falhas de continuidade e progressão, que por diversas vezes se perde na tentativa de inserir um drama a mais ou um contexto romântico fora de hora. Outra falha da narrativa está em não apresentar ao leitor todos os detalhes referentes a ambientação e história de fundo dos personagens, uma vez que o enredo se desenvolve após uma lacuna de tempo entre os fatos que afastam a protagonista e os fatos que a trazem de volta.

Para um leigo, esse fatores podem ser perfeitamente ignorados durante a leitura, se prendendo apenas ao ritmo acelerado do desenvolvimento da história e o mistério intrigante.

A edição do livro por outro me surpreendeu de forma positiva, desde o cuidado com a arte de capa, e edição das internas. Faço uma ressalva ao tamanho de fonte, que para uma pessoa com miopia como eu pode ser um tanto como incômodo para ler na rua ou a noite

Apesar das minhas ressalvas, minha experiência com o livro, não foi de todo ruim. Eu me apeguei a história, me vendo ansioso para retomar a leitura sempre que possível, e passando por cima desses detalhes que incomodaram ao blogueiro, mas me foram insignificantes como leitor.

Se você já leu esse livro, e teve uma experiência diferente da minha, comenta aqui para eu saber o que você achou!

Um cheiro e até a próxima!

[Resenha] A Fênix de Fabergé

Livro: A Fênix de Fabergé

Autores: Sue Hecker & Cassandra Gia

Editora: Harlequin Books

Páginas: 318

Ano: 2018

Sinopse: Desde que perdeu o pai em um incêndio no circo em que trabalhavam, Aleksei Ivanovich Markov ficou marcado para sempre, no corpo e na alma. Seu maior desejo é vingar-se do homem que devastou sua família. Quando o encontra, convicto de que nada nem ninguém o demoverá de seus planos, Aleksei conhece Kenya, uma bela jovem, também ligada ao seu passado trágico. Um romance intenso desenrola-se entre os dois, porém, amargurado pelo rancor, Aleksei tem sede de vingança. Muito mais do que ajudar Kenya a se libertar de um pai abusivo, ele terá que superar suas dores e, tal qual a fênix, renascer das próprias cinzas, a fim de evitar mais destruição. Como um ovo Fabergé, recheado de surpresas, talvez assim possam viver um amor que os levará — ou não — ao êxtase.


Aleksei viu sua vida destruída após o circo onde ele e seu pai trabalhavam pegar fogo, graças a um dono irresponsável e as más condições do picadeiro. Após esse evento, Aleksei, agora órfão e com boa parte do seu corpo queimado durante o incêndio, se reconstrói, movido por enorme sentido de vingança e justiça contra o homem que tirou a vida de seu pai.

Hoje, Aleksei é o dono de um dos maiores circos do mundo, e tem tudo aquilo que precisa para realizar sua vingança contra Adrik Gorkov, o homem responsável pela morte de seu pai, e suas queimaduras. A única coisa com a qual Aleksei não contava era se apaixonar por Kenya, filha de Adrik e peça chave no seu plano de vingança.

A Fênix de Fabergé, é um livro apaixonante, do qual o leitor não consegue se desgrudar antes do “Gran Finale” desse espetáculo de paixão, vingança e renascimento.

A Fênix de Fabergé é o primeiro livro escrito através da brilhante combinação de Sue Hecker e Cassandra Gia, publicado pela Harlequin books.

Uma história muito bem construída e bem desenvolvida, com uma casal eletrizante, e com uma química tão intensa que se torna praticamente impossível não se apaixonar pelos personagens instantâneamente. O livro tem muitos pontos positivos, como o fato de trabalhar a cultura circense e Russa, além de vocabulário próprio tanto do circo, quanto dos Russos nativos.

Porém um ponto que gostaria de ressaltar, é o excesso de definições no texto. Por muitas partes, enquanto um dos personagens explicava sobre os costumes e tradições, o diálogo ou a narrativa mais parecia ter sido retirado direto de um site de pesquisa, do construído de forma natural, como deveria acontecer em uma conversa.

Esse ponto não atrapalha em nada no enredo principal ou toda a magia do circo que o livro aborda. A edição da Harlequin é um espetáculo a parte, com um carinho especial em todos os detalhes, transformando o exemplar em um verdadeiro show.

O próximo livro das autoras, ainda não tem uma data definida de publicação.

[RESENHA] Muitas Águas

Livro: Muitas Águas

Autora: Madeleine L’Engle

Editora: Harper Collins

Ano: 2018

Páginas: 320

Sinopse: É preciso acreditar em certas coisas para poder vê-las!Sandy e Dennys, os gêmeos da família Murry, sempre foram práticos, realistas e nunca prestaram muita atenção às conversas dos pais cientistas sobre coisas altamente teóricas como tesseratos e farândolas.

Mas, após um acidente no laboratório do sr. e da sra. Murry, algo acontece com eles que desafia drasticamente suas capacidades de crer no impossível. Com um desastre à vista, será que os gêmeos conseguirão encontrar uma maneira de voltar à realidade?


As aventuras dos Irmãos Murry continuam. Dessa vez, os gêmeos Sandy e Dennys embarcam em uma viagem que vai desafiar seu ceticismo.

Após interferirem em uma das experiências do Pai, Sandy e Dennys são tesserados da sua fria cidade no auge do inverno, para um deserto no começo dos tempos. Após resgatados do calor escaldante, e cavalgarem unicórnio virtuais, os gêmeos se vem uma situação que desafia sua lógica: eles são acolhidos por Noé e sua família as vésperas do grande dilúvio.

Mas porque eles foram parar ali? Como eles vão voltar para casa e serem salvos do dilúvio?

Muitas Águas é o quarto livro do Quinteto do Tempo, uma história sobre fé e esperança, cheia de referências bíblicas e que nos deixa com o coração quentinho e esperançoso.

Eu já me tornei quando o assunto é essa série.

Madeleine L’Engle constrói a cada livro uma história melhor que anterior, com cada vez mais ensinamentos prontos para renovarem as nossas energias com enredos apaixonantes.

Eu estava muito ansioso pela história dos gêmeos, que nos livros anteriores sempre se mostraram céticos quanto as experiências dos irmãos, e nunca acreditaram em nada além do que a ciência pudesse comprovar. Por isso quando descobri que na história deles eles seriam enviados de volta a um dos principais eventos bíblicos, fiquei com altas expectativas que foram devidamente correspondidas.

Um fato importante sobre esse livro: os eventos de Muitas Águas ocorrem cronologicamente antes de Charles Wallace salvar o mundo em Um Planeta Em Seu Giro Veloz. Mas foi lançado originalmente pela autora após, ganhando o título de quarto livro da série. No próximo livros daremos um salto para o futuro, para conhecer a primeira aventura de Polly O’keef, filha da Meg do primeiro livro (Uma Dobra No Tempo).

A edição da Harper Collins segue o padrão deslumbrante das edições anteriores, com o mesmo capricho de edição gráfica.

Se você é fã de ficção científica e ainda no conhece essa série, aqui no blog temos as resenhas de todos os livros anteriores!

[Resenha] Máscaras

Livro: Máscaras

Autora: FML Pepper

Editora: Valentina

Ano: 2018

Páginas: 271

Sinopse: E se você descobrisse que a grande verdade ainda não foi revelada? Que pode estar enganado a respeito de muitos personagens?
É chegada a hora de arrancar as máscaras, ver e viver na pele — e na alma — as revelações guardadas a sete chaves sobre a Trilogia Não Pare!
E se surpreender com o que jamais imaginou!
Máscaras…
Para camuflar as fraquezas do mais forte dos guerreiros… Richard.
Para distorcer as certezas de uma lenda amaldiçoada… Guimlel.
Para acobertar as cicatrizes de uma sina maldita… Ismael.
Para esconder os sentimentos de uma garota desprezada… Samantha.
Para proteger fanáticos atrás de tronos… Kaller.
Para ocultar gigantes sob sutis envergaduras… Zymir.
Para disfarçar um exército cruel e traiçoeiro… Von der Hess.
Para sufocar os desejos mais íntimos da híbrida… Nina.
Máscaras…
Para dar luz às mentiras e obscurecer as verdades.
Para encantar a vida e, talvez…
Enganar a Morte!


O que aconteceu com aqueles personagens, antes da jornada de Nina para salvar Zyrk? O que aconteceu depois do reencontro dela com Richard? Onde foi parar o nojento Von Der Hess?

Em Máscaras, spin off da Trilogia Não Pare!, FML Pepper responde a essas e outras tantas dúvidas dos leitores, que ficaram em abertas após Não Fuja! último livro da trilogia.

Vamos lá, se você ainda não leu a Trilogia Não Pare!, fique ciente de que essa resenha pode conter spoilers dos três livros anteriores.

Antes de Nina e Richard existirem, muitos personagens da série tiveram atitudes que viriam a determinar o futuro dos nossos protagonistas. Como a ganância de Guimlel, por querer ser o mago que traria a salvação a Zyrk. Ou a inocência de Ismael que após perder (ou assim achar) Stela, se tornaria o cruel Shakur, líder de Thorn.

Temos também o ponto de vista do resgatador, dos fatos mais importantes ocorridos na trilogia, dando uma nova dimensão dos sentimentos zirquianos. Aprendemos mais sobre Keller e seu machismo que acabou por separar Samantha e John, com medo de Sam superasse seu filho num futuro próximo.

Vamos conhecer os motivos da saída de Sam de Storm, e como ela se tornou a primeira resgatadora principal de Zyrk.

Mas o mais importante é o que aconteceu após o reencontro de Nina e Richard. Como eles levam a a vida na segunda dimensão longe de Zyrk e que aconteceu após a batalha contra Malazar.

Máscaras é um material Extra para aquecer o coração dos apaixonados pela trilogia Não Pare!, e ainda assim abre o universo para várias possibilidades, nos proporcionado a expectativa pra novos livros e novas aventuras, agora com a realização de uma nova profecia.

FML Pepper escreve com a delicadeza de não só proporcionar as respostas aos leitores como também, aquecer os corações com possibilidades. A editora Valentina fez um belíssimo trabalho gráfico na capa e na edição interna. Lá no nosso Instagram (@blogoutrogarotolendo) você encontra um #AleComenta especial da trilogia Não Pare!