[Dicas] Continuações de Fantasias (que amamos) ainda em 2018 no Brasil!

E hoje apresento a lista mais fantástica que deixa a ansiedade a mil esse ano!

Todo ano somos divididos entre inúmeros lançamentos, mas e quando é continuação? É maravilhoso e uma tortura de espera, cada dia conta e cada notícia é um alarde para os nervos e para compartilhar um pouco desse sofrimento chamado: aguardar, tem essa lista de retornos de séries por editoras nacionais que vão mexer com seus sentimentos (não me responsabilizo pelos danos colaterais):

  • O Sonho do Tigre (A Maldição do Tigre)

Sinopse do 1º livro: Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco.
Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele.
O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço.
Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem.

  • A Heroína da Alvorada (A Rebelde do Deserto)PREVISÃO PARA 23/03!!!

Sinopse da trama: Quando a atiradora Amani Al-Hiza escapou da cidadezinha em que morava, jamais imaginava se envolver numa rebelião, muito menos ter de comandá-la. Depois que o cruel sultão de Miraji capturou as principais lideranças da revolta, a garota se vê obrigada a tomar as rédeas da situação e seguir até Eremot, uma cidade que não existe em nenhum mapa, apenas nas lendas — e onde seus amigos estariam aprisionados.
Armada com sua pistola, sua inteligência e seus poderes, ela vai atravessar as areias impiedosas para concluir essa missão de resgate, acompanhada do que restou da rebelião. Enquanto assiste àqueles que ama perderem a vida para soldados inimigos e criaturas do deserto, Amani se pergunta se pode ser a líder de que precisam ou se está conduzindo todos para a morte certa.

  • Court of Frost and Starlight (Corte de Espinhos e Rosas)

Sinopse do 1º livro: Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família.
Após matar uma fada zoomórfica transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação. Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira — que ela só conhecia através de lendas —, a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora.
Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la… ou Tamlin e seu povo estarão condenados.

  • War Storm (A Rainha Vermelha)

Sinopse do 1º livro: O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.
Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?
Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe – e Mare contra seu próprio coração.

  • Two Dark Reigns (Três Coroas Negras)

Sinopse do 1º livro: Três herdeiras da coroa, cada uma com um poder mágico especial. Mirabella é uma elemental, capaz de produzir chamas e tempestades com um estalar de dedos. Katharine é uma envenenadora, com o poder de manipular os venenos mais mortais. E Arsinoe é uma naturalista, que tem a capacidade de fazer florescer a rosa mais vermelha e também controlar o mais feroz dos leões.
Mas para coroar-se rainha, não basta ter nascido na família real. Cada irmã deve lutar por esse posto, no que não é apenas um jogo de ganhar ou perder: é uma batalha de vida ou morte. Na noite em que completam dezesseis anos, a batalha começa.

  • Reinado Imortal (A Queda dos Reinos)

Sinopse: Os cristais da Tétrade foram reunidos e os deuses elementares que estavam aprisionados neles foram libertados, mas seu poder e magia não podem ser contidos por ninguém. Saindo do controle de humanos e imortais, os deuses se uniram e planejam destruir todos os reinos, começando por Mítica.
Enquanto Jonas continua ignorando o destino que o liga a Lucia, a feiticeira está preocupada em encontrar maneiras de proteger sua filha — mesmo que isso signifique enfrentar sozinha Kyan, o deus do fogo. Amara também está disposta a encarar os deuses elementares. Apesar de ter voltado para o Império Kraeshiano, não desistiu de se tornar a mais poderosa dos reinos. Ao lado da avó, pretende conquistar Mítica só para si.
Magnus e Cleo terão seus sentimentos testados mais uma vez. Com os inimigos se aproximando e uma magia maligna tomando conta dos territórios de Mítica, eles precisam descobrir se o amor que sentem é o suficiente para vencer as forças que querem destruí-los — e a toda a nação.

  • Now I Rise (Saga da Conquistadora)

Sinopse do 1º livro: Lada Dragwlya e o irmão mais novo, Radu, foram arrancados de seu lar em Valáquia e abandonados pelo pai – o famigerado Vlad Dracul – para crescer na corte otomana. Desde então, Lada aprendeu que a chave para a sobrevivência é não seguir as regras. E, com uma espada invisível ameaçando os irmãos a cada passo, eles são obrigados a agir como peças de um jogo: a mesma linhagem que os torna nobres também os torna alvo.
Lada despreza os otomanos. Em silêncio, planeja o retorno a Valáquia para reclamar aquilo que é seu. Radu, por outro lado, quer apenas se sentir seguro, seja onde for. E quando eles conhecem Mehmed, o audacioso e solitário filho do sultão, Radu acredita ter encontrado uma amizade verdadeira – e Lada vislumbra alguém que, por fim, parece merecedor de sua devoção.
Mas Mehmed é herdeiro do mesmo império contra o qual Lada jurou vingança – e que Radu tomou como lar. Juntos, Lada, Radu e Mehmed formam um tóxico e inebriante triângulo que tensiona ao limite os laços do amor e da lealdade.


Conclusão: Um festival de ansiedade e capas maravilhosas é isso!

Anúncios

[Variedades] Os melhores apelidos românticos para se inspirar!

Ah, o amor está no ar!

Já pensou em como demonstrar carinho pela pessoa que você ama? A companhia que você gosta, está ao seu lado e lhe faz bem, não precisa se prender aos apelidos clichês – pode é claro, aqui o amor é permitido -, usar algo único para se referir a quem você gosta é uma forma de carinho – quando ela gosta, vale ressaltar – remete a ideia de que algum momento do seu dia foi investido para pensar no quão bem aquela pessoa lhe faz.

É pensando nisso que recapitulei meus casais fictícios, selecionei os apelidos mais fora do comum e nas mais distintas línguas para inspirar a sua mente a criar, pesquisar ou utilizar aquela referência para quem ama e melhor ainda, incitar a curiosidade para ler esses livros (a verdadeira intenção aqui é conquistar mais fãs, confesso):

Leia mais »

[RESENHA] O Despertar do Príncipe

o-despertar-do-principe-1024x1474Autor: Colleen Houck
Ano: 2015
Editora: Arqueiro
Páginas: 377
Sinopse:  Lilliana Young tem uma vida aparentemente invejável. Ela mora em um luxuoso hotel de Nova York com os pais ricos e bem-sucedidos, só usa roupas de grife, recebe uma generosa mesada e tem liberdade para explorar a cidade. Mas para isso ela precisa seguir algumas regras: só tirar notas altas no colégio, apresentar-se adequadamente nas festas com os pais e fazer amizade apenas com quem eles aprovarem. Um dia, na seção egípcia do Metropolitan Museum of Art, Lily está pensando numa maneira de convencer os pais a deixá-la escolher a própria carreira, quando uma figura espantosa cruza o seu caminho: uma múmia — na verdade, um príncipe egípcio com poderes divinos que acaba de despertar de um sono de mil anos. A partir daí, a vida solitária e super-regrada de Lily sofre uma reviravolta. Uma força irresistível a leva a seguir o príncipe Amon até o lendário Vale dos Reis, no Egito, em busca dos outros dois irmãos adormecidos, numa luta contra o tempo para realizar a cerimônia que é a última esperança para salvar a humanidade do maligno deus Seth. Em O despertar do príncipe, Colleen Houck apresenta uma narrativa inteligente, cheia de humor e ironia.
Antes de qualquer coisa olhem isso:

12083729_1006537132744127_48031565_n

Sim, esse ai cheio de post it flags é o meu exemplar.

Fala galera!

Tudo beleza com vocês? Se liguem nesse livro que eu vim falar com vocês: O Despertar do Príncipe da Colleen Houck.

Lilliana Young é um jovem de 17 anos, moradora de um cobertura num hotel em Nova York cuja as maiores preocupações são: desenhar pessoas que passam na rua e chamam sua atenção, e escolher em que faculdade se matricular. Um lindo dia as vésperas da volta as aulas no ultimo ano do colégio, ela vai ate  o Metropolitan Museum of Art, e acaba na sessão egípcia para analisar suas possibilidades de futuro. Mal sabia ela que o seu futuro iria mudar naquele exato momento.  De uma hora para outra Lily vê sua vida tomar um rumo totalmente diferente daquilo que ela tinha planejado, logo após de presenciar o poderoso Amon ressuscitar de seu sono de mil anos, e realizar um encantamento que uniria a vida dos dois. Desse ponto em diante, a garota que só queria escolher uma faculdade se vê indo para o Egito, impedir um Deus maligno de dominar o mundo, ressuscitar os irmãos de Amon e ainda arrumar tempo para se apaixonar pela mumia mais gostosa do mundo.

Preciso dizer a verdade a vocês: Sempre tive um pé atrás com a C. Houck desde a Maldição do Tigre. Kelsen não deixou lá uma boa impressão. Mas com o lançamento desse novo livro, resolvi dar uma nova chance a ela.

A C. Houck finalmente me conquistou com um livro. A Série Deuses do Egito ja está entre os meus favoritos e é de longe uma das melhores leitura do ano! Com um enredo envolvente e personagens extremamente apaixonantes , a autora nos faz prender a respiração a cada pagina e suspirar a cada fala do Amon para Lily. Existem alguns buracos na estória, mas como esse é apenas o primeiro livro eu tenho fé de que todos serão preenchidos nos próximos.

A edição da Arqueiro esta uma coisa linda. Eu tenho um fraco por capas metalizadas e cheias de brilho. Minha única ressalva é que essa capa descasca muito rápido!!! Arqueiro seus lindo, deem um jeito nisso!!

Preciso acrescentar que ja estou morrendo de saudades da Colleen, que foi uma fofa durante sua passagem por Salvador, e do fofo do seu marido, o Brad uma pessoa fantástica!

141

Um cheiro, e até a próxima!