[Resenha] Big Rock

big_rock_1492192347671208sk1492192347bLivro: Big Rock

Autor(a): Lauren Blakely

Editora: Faro Editorial

Ano: 2017

Páginas: 224

Sinopse: “A maioria dos homens não entendem as mulheres.”

Spencer Holiday sabe disso. E ele também sabe do que as mulheres gostam.

E não pense você que se trata só de mais um playboy conquistador. Tá, ok, ele é um playboy conquistador, mas ele não sacaneia as mulheres, apenas dá aquilo que elas querem, sem mentiras, sem criar falsas expectativas. “A vida é assim, sempre como uma troca, certo?”

Quer dizer, a vida ERA assim.

Agora que seu pai está envolvido na venda multimilionária dos negócios da família, ele tem de mudar. Spencer precisa largar sua vida de playboy e mulherengo e parecer um empresário de sucesso, recatado, de boa família, sem um passado – ou um presente – comprometedor… pelo menos durante esse processo.

Tentando agradar o futuro comprador da rede de joalherias da família, o antiquado sr. Offerman, ele fala demais e acaba se envolvendo numa confusão. E agora a sua sócia terá que fingir ser sua noiva, até que esse contrato seja assinado. O problema é que ele nunca olhou para Charlotte dessa maneira – e talvez por isso eles sejam os melhores amigos e sócios. Nunca tinha olhado… até agora.

 

Spencer Holidays é um dos maiores garanhões que você vai conhecer. E se você ainda tiver alguma duvida ele vai se sentir muito feliz em te provar isso. Ele esta acostumado a ter as mulheres que quer, quando quer, porque é claro, não tem como não resistir a ele.

Você não vai querer nos campos sobre um pônei, se puder escolher o maior e mais garboso dos garanhões.

Mas isso está prestes a mudar, quando para ajudar seu paina venda de sua joalheria para uma multinacional, ele precisa assumir o papel de homem sério e responsável, logo ele um dos maiores conquistadores da cidade, que ainda na faculdade criou um aplicativo de relacionamentos que hoje é sucesso de downloads, o homem que sempre estrelas as capas das revistas de fofocas sempre com mulheres diferentes.

Eu domino a arte de entender o que uma mulher quer… e dar à mulher o que ela quer. Meu conhecimento nessa área é enciclopédico. Tenho grande fluência na leitura da linguagem corporal feminina, dos sinais e gestos.

E que forma melhor de provar isso ao comprador do que anunciando que está noivo? E para encarnar o papel da noiva ele pede ajuda da sua sócia e melhor amiga Charlotte, que para escapar dos próprios problemas embarca com seu amigo nesse noivado inesperado durante uma semana.

O que ele não esperava, era que com toda essa encenação ele fosse acabar por notar sua amiga de uma outra forma…

Alguma coisa esta acontecendo. Alguma coisa estranha, completamente desconhecida.Meu coração está falando uma língua que eu não compreendo, enquanto tenta me arrastar para a Charlotte

E assim tem inicio um dos relacionamentos mais divertidos que já li nos últimos tempos.

DSCN2307

Você não vai querer ter um diamante minusculo no dedo, se puder ter um de três quilates. […]

Por quê? Porque os grandes são melhores. E proporcionam mais diversão.

Big Rock é o nosso primeiro livro em parceria com a Faro Editorial, e não poderia ter sido um livro melhor. Afinal, quem me conhecer sabe que eu sou o louco dos New Adults, e já fazia muito tempo que eu não me divertia tanto com um livro, como com esse.

Spencer é um personagem tão grande quanto o seu ego (em todos os sentidos), e nos prende em sua história do começo ao fim do livro, com sarcasmo, ousadia e muita sensualidade. Esse também é o primeiro da Lauren Blakely que eu leio, e supriu todas as minhas expectativas com uma narrativa leve, divertida e cativante, que nos apaixonar pelo Spencer desde o primeiro momento.

Um completo casanova. Cem por cento mulherengo. Livre para voar e sem a menor necessidade de uma gaiola.

Quando falamos de edição, a Faro Editorial nos presenteia com um livro bem trabalhado desde a capa, até a tradução, revisão e todo acabamento. Simplesmente não vejo a hora que eles lancem “Mister O”, segundo livro da “série”.

Esse é o livro perfeito para as férias que estão chegando: Leve, ousado, divertido e que com certeza vai te garantir boas risadas do começo ao fim.

Um cheiro e até a próxima!

Continuar lendo “[Resenha] Big Rock”

[Resenha] Colega de Quarto

Fala Galera! Como vocês estão?

colega_de_quarto_1437612863517396sk1437612863bLivro: Colega de  Quarto
Autor: Victor Bonini
Editora: Faro Editorial
Paginas: 272
Sinopse: Eric Schatz, carioca que se mudou para São Paulo por conta do curso universitário, começa a perceber indícios de que há mais alguém frequentando o seu apartamento. Primeiro, um par de chinelos. Então, uma outra escova de dentes. Um micro-ondas que é ligado sozinho durante a noite, barulhos estranhos a qualquer hora e luzes que se apagam de modo misterioso. Até que, em determinada noite, Eric enxerga o vulto do colega de quarto entrar em seu apartamento pela porta da frente. Desesperado, o rapaz vai atrás de um detetive particular, mas parece ser tarde demais. Em menos de 24 horas, tudo acontece de modo acelerado e depois de uma ligação desesperada, cortada abruptamente, Eric despenca da janela do seu apartamento. Em seu livro de estreia, o autor nos apresenta uma história urbana de tirar o fôlego. Um mistério que passa por uma relação familiar complicada, suspeitas por todos os lados, e camadas e camadas de culpados. Há alguém inocente?

 

Eu finalmente, depois de muito tempo sendo uma péssima pessoa, tomei vergonha na cara e eu li o livro do Victor!!

Vocês devem saber, que eu sempre levantei a campanha para trazer o Victor e o Vini para Salvador (algo que finalmente eu consegui! E ainda vou ter a honra de mediar o evento!), mas ate então eu estava sendo um tanto quanto hipócrita. Afinal, eu só havia lido “O Garoto Quase Atropelado”, e nem tinha tocado no “Colega de  Quarto”.

O livro conta a historia de Eric Schatz, um jovem estudante direito, Carioca que mora sozinho em São Paulo… Quer dizer, ele achava que morava sozinho. Uma noite ele começa a ouvir alguns barulhos estranhos dentro do apartamento onde mora, junto com algumas pistas de que ele não é o único morador daquela casa. Quando ninguém mais consegue acreditar no que Eric diz, ele vai em busca do Doutor Conrado, um dos melhores detetives particulares de São Paulo para ajudar a desvendar esse mistério. O que estava acontecendo com Eric? Teria mesmo uma pessoa invadindo seu apartamento? Seria um espirito? Ou o jovem estaria ficando louco?

Eu passei a noite me perguntando: “Porque diabos eu não tinha lido esse livro antes?!”. Todos sabem que eu sou apaixonado por um bom mistério policia. E o livro do Bonini reúne todas as formulas necessárias que constroem um livro digno do Harlem Coben.

A narrativa bem construída e cativante fazem com que o leitor se prenda ao livro de uma forma que é capaz de você absorver a paranóia do Eric, e roer as unhas a cada novo passo do Detetive Conrado.

image

A edição feita pela Faro editorial segue a mesma linha do “O Garoto Quase Atropelado”, com folhas grossas e amareladas, letras grandes que favorecem a leitura com pouca luz. A diagramação está impecável.

No próximos dia 9 de Abril, nossos queridos autores desembarcam em Salvador para uma edição extra especial do Clube do Livro Saraiva em parceria com nosso blog. Esperamos vocês para um super bate papo, com muito amor e doce de leite.

image

Espero que vocês tenham todos os sentimentos (bons e ruins) que eu tive enquanto lia esse livro. Garanto que será uma experiência fantástica! Clique no Banner para conhecer o evento.

Um cheiro e até a próxima!

[TAG] 10 motivos para ler: O Garoto Quase Atropelado + Campanha: Queremos o Victo Bonini e o Vinícius Grossos em Salvador.

Hello Folks! Como vocês estão? 

Eu sei que hoje era dia de HIF, e que eu ja to devendo o da semana passada. Mas eu não to conseguindo escolher um dos textos antigos e não estou conseguindo escrever um novo. BTW… Eu trouxe uma TAG para vocês não se sentirem órfãos nessa linda quinta feira.

A TAG “Dez motivos para ler” é bem simples: Tu vai escolher um livro que você goste muito, e separar os 10 motivos pelos quais você acha que ele merece ser lido pelas outras pessoas. Para inaugurar essa TAG (vocês irão vê-la com frequência, principalmente depois de lançar o canal), eu escolhi o livro “O Garoto Quase Atropelado” do Vinícius Grossos. Let’s go! (to meio bilíngue hoje né?!)

WP_20151112_006

  1. É um livro nacional, e devemos valorizar mais os nosso autores nacionais. Eles são bons pacas!
  2. É um livro que trata de temas como: Depressão, transtornos alimentares, homofobia. Tudo isso muito bem escrito e como um propriedade de causa que chega assustar.
  3. Se você gosta de quotes marcantes (eu sei que vocês usam como legenda do Instagram) esse é o livro certo.

               “Conheço bem da vida e da morte e gosto de ficar na linha entre as duas” – VG
  4. A trilho sonora desse livro é sensacional! Tem de tudo, para todos os gostos. 
  5. Autor que sabe convencer o leitor a comprar e ler o livro merece ser citado. Na verdade eu só comprei por dois motivo: 1- Queria mostrar aos correios que mesmo eles não entregando aqui em casa, eu ia ter esse livro. 2- Eu tenho um fraco por autores nacionais. Amo todos e não sei como lidar.
  6. Ele ainda me deu um marcador super fofo. COMO NÃO LER E RESENHAR DEPOIS DISSO! (Clique AQUI para ler minha resenha)

    Ele ainda me deu um marcador super fofo. COMO NÃO LER E RESENHAR DEPOIS DISSO! (Clique AQUI para ler minha resenha) (AMO marcadores)

  7. Um livro escrito com amor é infinitamente melhor que um livro feito para fazer dinheiro. E nesse livro você vai achar muito amor.
  8. Durante toda a narrativa do livro, você fica com a sensação de que está assistindo a um filme, acho que foi por isso que sofri tanto. Era tudo tão real.
  9. O livro acabou com dois pacotes de post it flags. Por ai ja dar para sentir o drama.WP_20151112_009
  10. Eu realmente me senti quase atropelado.

A minha amada Adriana do blog Minha Velha Estante (O link ja esta la em cima), lançou um campanha no facebook para que a Faro Editorial promova em Salvador o lançamento duplo de “O Garoto Quase Atropelado” e “Colega de Quarto” Victor Bonini. Mas para que isso aconteça, precisamos do maior numero de confirmações possíveis para fazermos aquele barulho no ouvido da editora sabe? Para isso queremos a ajuda de vocês: Basta clicar aqui, e você será levado para o evento no facebook. Basta confirmar presença e você irão nos fazer as pessoas mais felizes do mundo.

12208628_853461798103245_2386296626563169675_n

Se você gostou dessa TAG, fique a vontade para responde-la. Espero realmente que vocês leiam e se apaixonem tanto quanto eu por esse livro.

Um cheiro, e até a próxima.