[Resenha] As Feiticeiras de East End

Livro: As Feiticeiras de East End
Autores: Melissa de La Cruz
Ano: 2012
Editora: iD
Páginas: 312
Sinopse: As três mulheres da família Beauchamp 
escondem um segredo: são feiticeiras poderosas, há 
séculos proibidas de usar sua magia. Joanna consegue 
ressuscitar os mortos e curar feridas graves; Ingrid 
prevê o futuro e tece nós que podem resolvem qualquer
problema; e Freya tem um encantamento que certamente
consegue curar os piores desencantos amorosos. Ela vai se casar com o 
misterioso Bran Gardiner, e cada vez fica mais difícil esconder seu segredo.
Ingrid e Joanna sentem o mesmo dilema, e as três percebem que não podem 
mais ignorar quem realmente são. Desenterram varinhas e vassouras e 
começam a criar feitiços bem intencionados para algumas pessoas. É então 
que ataques violentos começam a assolar a cidade. Quando uma jovem 
desaparece, elas percebem que está na hora de descobrir que forças 
obscuras operam contra elas.

Tem magia na resenha de hoje!

Vivendo na pacífica cidade-ilha North Hampton, tanto Joanna, quanto suas filhas Freya e Ingrid são feiticeiras em situação de restrição de seus poderes, enquanto lidam com sua natureza mágica, as três tentam se envolver com seu entorno. É sob os distintos pontos de vista das três Beauchamp que suas personalidades e dramas pessoais são apresentados.

Havia algo errado com os três pássaros mortos na praia durante a manhã, os que ela enterrou um pouco adiante na areia, mas Joanna não conseguiu atinar naquele momento. Era uma ameaça? Ou um aviso? Para quê? De quem?

Série Witches of East End

Freya apesar de se demonstrar egoísta em muitas coisas, de sua forma tenta dar pequenos empurrões em vidas amorosas com poções do amor, por outro lado, a mesma se encontra em um estranho triângulo amoroso, noiva e ao mesmo tempo envolvida em um caso com o primo de seu noivo. Enquanto isso, Ingrid é uma amante nata de livros e com um dom para curar, usa pequenos feitiços para ajudar aqueles ao seu redor, já Joanna possui uma personalidade mais turva, por assim dizer, passou pela perda de forma misteriosa de um filho e isso desandou parte de si, porém seu amor e dedicação a sua família é inspirador e puro.

– Você não está entendendo. Nós nos pertencemos. Sempre – Killian falou. – Eu não podia dizer nada. Estava preso à profecia e não podia me revelar até que você me reconhecesse pelo que sou. Só podia ter esperança embora eu tivesse tentado avisá-la sobre o perigo à minha própria maneira.

Em uma cidade tão pacata é uma perturbação suspeita, além de incomum, casos de assassinato, surtos de doenças e mortes misteriosas, que separados já causam uma inquietação da tranquilidade local, porém a brevidade dos acontecidos deixam as três feiticeiras em estado de alerta para qualquer interferência sobrenatural e nesse momento segredos a muito trancados voltam a emergir, abalando os laços que as unem e as mantém no manto do sigilo.

Adaptado para a série Witches of East End – que infelizmente foi cancelada após 2 temporadas -, a obra de Melissa é uma trama que envolve magia, romance e suspense, com personagens magnificamente desenvolvidos em um enredo de surpreender os mais céticos quanto ao conteúdo do livro, contando com uma capa linda e uma diagramação espetacular, a obra é mais do que gratificante.


Tem a série na Netflix!

Anúncios