[Resenha] Warcraft – Livro do Filme Oficial

 

Eu sou Adriano, irmão do Alê, tenho 15 anos, e meu mano me convidou para aqui falar de Warcraft! (PELA ALIAAANÇA!)

Meu irmão não é lá muito ligado nessas paradas de jogos e livros baseados em jogos, então quando ele me deu o livro de Warcraft eu pirei! Me amarro muito nesse jogo, acompanho desde 2005, fiquei muito feliz quando soube que teria o filme e mesmo sem gostar muito de ler eu precisava ler esse livro!

Essa é a primeira vez que estou resenhando algo, então não me julguem, um dia eu pego o jeito!

WARCRAFT_1461188434579574SK1461188434BLivro: Warcraft - Livro do Filme Oficial

Autor: Christie Golden

Ano: 2016

Páginas: 266

Editora: Record

Sinopse: A novelização do aguardado filme de ação e fantasia Warcraft.
Há muito Azeroth está em paz. Após expulsar os trolls, com a ajuda de Medivh, Guardião do reino, humanos vivem em paz com os vizinhos elfos e anões. Mas um novo mal desponta no horizonte, e a guerra ameaça engolfar mais uma vez os domínios do justo rei Llane. 
Uma raça temerária de invasores, os guerreiros orcs, insuflados pelo feiticeiro Guldan e liderados pelo monstruoso Mão Negra, fogem de seu mundo agonizante em busca de caça e oportunidades. Com a ajuda da vileza, a mais cruel das magias, Guldan criou um portal capaz de transportar sua Horda até Azeroth. 
A maré verde, de orcs dominados por esse mal, toma de assalto as terras humanas. Morte e destruição ameaçam destruir a tudo e a todos. Então, de lados opostos, dois heróis surgem, em uma rota de colisão que decidirá o destino de sua família, seu povo e seu lar.
Durotan, o líder honrado do clã Lobo do Gelo, quer apenas uma chance para seu filho recém-nascido. Lothar, o Leão de Azeroth, busca redenção. E assim começa uma espetacular saga sobre poder e sacrifício, na qual a guerra tem muitas facetas e todos lutam por algo.

Existem dois mundos: Azeroth e Draenor, no primeiro vivem os Humanos, Elfos e Anões, em Draenor, os Orcs . Devido a magia do bruxou Guldan o mundo de Draenor esta apodrecendo. O bruxo Guldan convence a Horda de orcs que eles precisam abandonar sua terra, e conquistar um novo mundo, o que os leva a invadir Azeroth. Do outro lado, o mago Hadgar, avisa a Aliança que sua amada Azeroth corre riscos desconhecidos. O Rei Llane, envia o exercito de Lothar (seu melhor General), com a ajuda de Hadgar e do Guardião de Azeroth, Medivh para uma missão de reconhecimento. Durante a viagem eles encontram o Orc Durotan, que discorda do pensamento do bruxo Guldan, e resolvem se com a Aliança para impedir uma magia antiga que vem influenciando não só o orc Guldan como também o mago Medivh, na tentativa de libertar um mal milenar.

t9kfnptiisrjs2skw282

O livro para mim funcionou como um grande complemento para o filme, servindo para revelar e aprofundar mais alguns laços entre os personagens que talvez não pudessem ser bem desenvolvidos no filme por conta do roteiro. O livro é extremamente fiel ao filme, como se estivessemos com o reteiro com anotações do diretor em mãos. Não teve um unico momento durante a leitura que eu não mentalizasse as cenas do filme na minha cabeça. A edição está bem legal, com a capa identica ao poster do filme, e muito bem trabalhada.

tumblr_o8ooc76gEv1tcqzbio1_500

A autora Christie Golden, tem vários outros livros de warcraft publicados pela Record (aceito de presente mano!), e se você é apaixonado pelo jogo assim como eu, com certeza você vai se sentir dentro de uma partida de WoW como eu me senti, lendo o livro e assitindo ao filme.

1507510363193415596

É isso ai, galera. Foi bem divertido falar com vocês desse livro, espero que vocês curtam para caramba a leitura!

 

Valeu!!

tumblr_o83rjxGH8y1sk8j96o1_500

Leia mais »

Anúncios

[Cinema] Larga o game e pega a pipoca!

Primeiro ‘Oi/Olá/Hi’ do ano!

Antes de tudo vamos ver o que nos espera nesse novo ano, que mal começou e já está fervilhando de possibilidades, levando em conta que a diversidade de 2016 claramente se difere daquela que predominava a 10, 20 anos, que por sua vez se projeta em vários ramos,  como a música, a literatura e o foco de hoje: o cinema.

Enquanto 2015 foi um ano surpreendente nesse quesito, 2016 promete não fazer desfeita e já conta com em média 2 estreias mensais, que vai atrair um grande número de fãs ao cinema. Ano passado não somente deixou marcas como teve sua caracterização concluída –  ao menos por mim – por trazer as salas mais distopias em um único ano do que qualquer outro, deixando os apreciadores do gênero em alvoroço, para via de consulta foram: A série Divergente: Insurgente, Mad Max: Estrada da fúria, Maze Runner: Prova de Fogo e Jogos Vorazes: A Esperança – O Final.

E é agora em nosso 2016, após notórios sucessos na adaptação de enredos de jogos para os filmes, como Lara Croft: Tomb Raider, Resident Evil, Street Fighter e uma das franquias mais famosas – e incríveis – da atualidade, Final Fantasy, o investimento cresceu e a prova disso é essa lista que trouxe para vocês hoje:

Assassin’s Creed 

Assassins

Sucesso como uma franquia de jogos da Ubisoft, então conquistou as prateleiras das livrarias, somando isso a uma série de fatores, é o que torna esse devidamente um dos mais aguardados do ano nesse ramo, apesar do temor inicial que os fãs sentiram ao descobrirem que seria live action, os adeptos da franquia já sonham com o momento do Callum Lynch explorando suas habilidades.

Heróis da Galáxia: Ratchet & Clank 

Proveniente de uma série da Sony, este é um dos lançamentos pouco conhecidos do ano, pode ser devido a interface do próprio jogo, que para atingir um público mais amplo e com uma classificação indicativa bem reduzida, não apostou tanto em cativar com uma trama mais complexa, mas não tira o mérito de que venha a ser um filme bom, tentei não julgar pela “capa” e deixar no vamos ver no que vai dar, afinal é uma franquia da Sony e vale o esforço.

Warcraft 

Já que se tornou frequente algum tipo de atrito entre os fãs de cada game, tenho que pedir: deixa o mimimi sobre qual é melhor League of Legends ou Dota de lado e aproveita mais, afinal sai ganhando quem não tá nem aí e vai com o que der, sem discriminação com nenhum dos dois, cada um têm sua individualidade e seu ápice.

Indo ao que interessa, o enredo irá seguir ao demonstrar o desenvolvimento da relação entre os orcs e os humanos, juntamente com as origens do conflito entre a Aliança e a Horda.

Angry Birds

De um dos aplicativos mais populares que existem, chegou a hora de sair da tela controlada pelos players, para tomar as sessões dos cinemas, com os pássaros queridinhos de volta em uma adaptação cinematográfica cheia de comédia, que promete muitas risadas, olha o Chuck! A Sony já prometeu bastante com o trailer, então tenho boas expectativas para esse filme.

Outros lançamentos previstos para até no máximo 2017:

  • Resident Evil: O Capítulo Final
  • Shadow of the Colossus
  • The Last Guardian
  • Uncharted
  • Last of Us 
  • Metal Gear Solid

A animação e euforia tomam conta, ao mesmo tempo em que o temor também, desde que se o histórico se encheu com algumas adaptações que beiraram o absoluto fiasco (nem menciono o arrepio que sinto depois da live action de Mario Bros de 93), porém um desconto já que vários fatores além do controle influenciaram para causar um trauma nos fãs, por isso, nos resta aguardar os lançamentos e também torcer para os rumores de uma adaptação de SonicSuper Mario serem verídicos e sejam tão maravilhosamente nostálgicos quanto esperamos.


Um até mais pra vocês!

 

Gamer